Angelina Jolie é uma das atrizes mais talentosas e bem-sucedidas do mundo, então é normal que os fãs queiram saber cada detalhe de sua vida, até mesmo os mais pessoais.

Considerada como a mulher mais bonita do mundo em 2009, Jolie conversou com a OK! Magazine (via Koimoi) e revelou algumas de suas intimidades.

A estrela de ‘Malévola‘ foi questionada sobre sua vida amorosa na adolescência e revelou que perdeu a virgindade com apenas 14 anos.

No entanto, o mais bizarro em seu namoro é que ela e o namorado se cortaram com um faca para intensificar a relação.



“Houve um momento em que queríamos nos sentir mais próximos, queríamos intensificar a relação. Certa vez, eu peguei uma faca e o cortei, e ele fez o mesmo comigo”, disse ela, abertamente.

Ela acrescentou que:

Aproveite para assistir:

“O sexo e os sentimentos que sentíamos não pareciam o suficiente. Eu não era mais uma garotinha… Quando percebi, estávamos jorrando sangue.”

Obviamente, a relação não foi para frente, já que Jolie acabou se casando com Jonny Lee Miller anos mais tarde, mas o matrimônio durou apenas de 1996 a 1999.



Um ano depois, ela já estava casada com Billy Bob Thorton, com quem dividiu a vida de 2000 a 2003.

Pelo visto, as práticas bizarras não foram restrita às época da adolescência, pois os dois usavam colares de frascos com o sangue um do outro e isso se tornou uma das maiores notícias da época.

Billy foi convencido por Jolie que aquela era uma forma simbólica de se manterem unidos mesmos distantes um do outro.

“Lembro da época em que Angie estava gravando ‘Tomb Raider‘ e eu estava terminando ‘A Última Ceia'”, disse ele numa conferência realizada num curso de cinema. “Estávamos distantes há um bom tempo e quando ela veio para casa, me mostrou um colar com um recipiente transparente no lugar do pingente. Ela comprou dois desses
e achou que seria romântico se cortássemos nossos dedos para encher esses recipientes com o sangue um do outro.”

Ele continuou:

“Não foi nada de mais. Os pais não usam cabelos de seus filhos em colares? É a mesma coisa. Mas confesso que gostávamos de fingir que éramos vampiros vivendo numa masmorra”, brincou ele.



Depois disso, Jolie virou alvo de uma série de manchetes, rotulando-a como uma figura obcecada por sangue.

Comentários

Não deixe de assistir: