As 14 Superproduções de Maior Hype para 2019

As 14 Superproduções de Maior Hype para 2019


O ano de 2019 já engatou, e nos cinemas já recebemos inclusive alguns filmes bem aguardados. Essa é exatamente a definição de hype – o falatório, ansiedade e expectativa gerados em cima de uma produção. Pensando nisso, e aproveitando o lançamento de Capitã Marvel nos cinemas este fim de semana (um filme que fortemente se encaixa em tal categoria), o CinePOP resolveu criar sua nova lista, com as 14 superproduções mais aguardadas para 2019.

Obs. Como diz o título, a matéria é focada somente em superproduções, os chamados blockbusters – filmes multi milionários que prometem render rios de dinheiro nas bilheterias, portanto, nada de filmes de terror, por exemplo (que já possuem sua lista separada).

Outros filmes que ficaram de fora são Coringa, com Joaquin Phoenix, e Os Novos Mutantes. Ambas produções possuem teor mais intimista, centradas no suspense e terror – sem a ambição megalomaníaca de um blockbuster. No caso de Os Novos Mutantes, os problemas envolvendo a compra do estúdio causou adiamentos e quem sabe o filme sequer seja lançado nos cinemas.

Capitã Marvel

A primeira super-heroína com filme solo da Marvel já está nos cinemas (estreou neste fim de semana), mas não podíamos deixar de incluí-lo na lista. Tudo que a Marvel toca vira ouro e não será diferente com este filme mais do que representativo. Um dos chamarizes é a trilha sonora – fazendo frente com a de Guardiões da Galáxia -, toda composta por grandes sucessos da década de 1990.
Lançamento: 7 de março.


Aproveite para assistir:


Dumbo

A Disney não pode ser acusada de pegar leve e seu planejamento é pesado. No mesmo mês em que os cinemas serão dominados por Capitã Marvel, o estúdio volta a atacar com Dumbo, nos últimos dias de março. Esse é a primeira adaptação em live action de uma animação da casa em 2019. Dirigido por Tim Burton e com um grande elenco, que inclui Michael Keaton, o longa é a nova versão do clássico de 1941.
Lançamento: 28 de março.

Shazam!

Quem disse que os cinéfilos terão descanso este ano? A DC/Warner não ia perder a chance de lançar o filme do Shazam, ex-Capitão Marvel, no mesmo ano em que sua rival coloca nos cinemas a sua Capitã Marvel. A Disney pode ter ficado com o nome e saído na frente no lançamento, mas a Warner aposta firme com o herói, igualmente apelando à nostalgia de filmes da década de 1980 – com tom mais leve que os demais em seu acervo.
Lançamento: 4 de abril.

Vingadores: Ultimato

Não existe dúvida sobre o tipo de filme que domina as bilheterias atualmente: produções de super-heróis. Para o bem e para o mal, o subgênero é o mais rentável nos cinemas mundiais. Quem diria? Um dia tratados como aposta arriscada e não levados a sério, para o topo da cadeia alimentar. E quando falamos no subgênero, não existe nada maior que Os Vingadores. Aqui, a Marvel encerra uma era, e promete deixar muito marmanjo soluçando nos cinemas.
Lançamento: 25 de abril.

Aladdin

Depois de Dumbo, Aladdin será o segundo grande lançamento de uma adaptação em live action (num total de três). Dirigido por Guy Ritchie, ao contrário do filme do elefantinho voador, Aladdin vem causando controvérsia nas redes sociais por suas escolhas, digamos, duvidosas para a obra. Assim, o público anda torcendo o nariz para o gênio azul de Will Smith e para o Jafar galã de Marwan Kenzari (o Pierre Michel de Assassinato no Expresso do Oriente).
Lançamento: 23 de maio.

Godzilla II: Rei dos Monstros

Finalmente saindo da dobradinha “super-herói” – “adaptação em live action”, a Warner decide apostar em um filme de monstro gigante (por si só, também um subgênero desde a década de 1950). E para isso, a escolha não podia ser outra do que o Rei do Monstros, Godzilla. O filme é a continuação do longa de 2014, mas irá funcionar por conta própria. No elenco, Millie Bobby Brown, a pequena estrela de Stranger Things.
Lançamento: 30 de maio.

Rocketman

O único filme adulto da lista, Rocketman é a cinebiografia do músico Elton John (vivido por Taron Egerton) para as telonas. E se você ainda tinha dúvida se uma biografia musical pode ser considerado um blockbuster, é só dar uma olhada no fenômeno do ano passado, Bohemian Rhapsody – a sexta maior bilheteria de 2018. O objetivo da Paramount este ano é capturar esse raio também, e com o material que tem em mãos, tem tudo para conseguir.
Lançamento: 30 de maio.

X-Men: Fênix Negra

Agora adentramos território perigoso. A Fox tinha três grandes cartas na manga ano passado, mas só Deadpool 2 foi usado – se mostrando uma jogada mais do que acertada. Fênix Negra e Os Novos Mutantes foram adiados para 2019. A esta altura não há como ter muita certeza do que esperar, já que a fusão com a Disney embolou o meio de campo. Porém, a nova aventura dos X-Men pode surpreender. Aqui os chamarizes são: uma das sagas mais cultuadas dos quadrinhos e a presença de Jessica Chastain, pela primeira vez em um filme do gênero.
Lançamento: 6 de junho.

MIB: Homens de Preto – Internacional

Reboot da bem-sucedida franquia da Sony, o filme agora irá focar em outros agentes da organização que monitora e policia a vida extraterrestre em nosso planeta. Pelas prévias, o novo filme (o quarto) irá focar mais na aventura, apesar de ainda continuar apostando no humor também. Desta vez, a dupla de Thor: Ragnarok, Chris Hemsworth e Tessa Thompson, irá viajar pelo mundo para combater as ameaças.
Lançamento: 13 de junho.

Homem-Aranha: Longe de Casa

Continuação do sucesso De Volta ao Lar (2017), primeiro filme solo do herói já de volta à Marvel. Novamente protagonizado por Tom Holland, o filme trará uma participação maior de Nick Fury (Samuel L. Jackson) e Michelle (Zendaya). A história acompanha a aparição de um novo personagem: Mysterio (Jake Gyllenhaal). A grande pergunta é: o mestre ilusionista será um aliado ou um vilão?
Lançamento: 4 de julho.

O Rei Leão

Agora sim, a parada ficou séria! O grande lançamento da Disney no subgênero das adaptações em live action de animações clássicas, O Rei Leão é a nova roupagem de uma das produções mais queridas do estúdio, lançada em 1994. Com temas atemporais, dignos de Shakespeare, sobre traição em família, o longa traz alguns dos momentos mais dramáticos de uma obra da Disney. E assim como Vingadores, promete fazer o público se debulhar em lágrimas.
Lançamento: 18 de julho.

Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw

Primeiro derivado da franquia estrondosa Velozes e Furiosos, este seria o nono longa da série. Como não é protagonizado pelos personagens principais, não possui a contagem oficial. Aqui, o show é comandado pelos personagens rivais de Dwayne Johnson e Jason Statham, que precisam seguir em missão juntos, enfrentando o vilão de Idris Elba, um sujeito geneticamente modificado. E você achando que perseguição a um submarino no gelo era o auge de surrealismo da franquia.
Lançamento: 1º de agosto.

Terminator: Dark Fate

Ainda sem título oficial definido no Brasil, este é o sexto capítulo da franquia O Exterminador do Futuro. O filme marca o retorno do criador original, James Cameron, que agora produz a obra e dá seu aval. Além de Cameron, Arnold Schwarzenegger e Linda Hamilton estão de volta para esta continuação, que esquece todas as sequências depois do segundo filme.
Lançamento: 31 de outubro.

Star Wars – Episódio IX

Além de Vingadores, uma nova trilogia de Star Wars chega ao fim. Aqui veremos finalmente as conclusões das histórias de Rey (Daisy Ridley), Kylo Ren (Adam Driver) e dos novos e antigos personagens que aprendemos a amar. Será um desfecho sombrio como Os Últimos Jedi, ou algo mais positivo como O Despertar da Força? Seja como for, o que muitos querem ver é a homenagem da saga para a saudosa Carrie Fisher, a eterna Princesa Leia.
Lançamento: 19 de dezembro.


Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c