Através do Twitter, a Netflix pegou os seguidores de surpresa ao anunciar que irá produzir uma série live action baseada nos jogos da franquia ‘Assassin’s Creed‘.

O projeto é fruto de uma parceria com a Ubisoft, empresa responsável pelos jogos, e terá os desenvolvedores de jogos Jason Altman e Danielle Kreinik como produtores executivos.

Através de um comunicado, Altman comemorou a notícia, dizendo:



“Por mais de 10 anos, milhões de fãs em todo o mundo ajudaram a transformar a marca ‘Assassin’s Creed‘ em uma franquia icônica. Estamos entusiasmados em criar uma série com a Netflix e desenvolver uma saga duradoura para a franquia.”

Peter Friedlander, vice-presidente de conteúdos originais da Netflix também se manisfestou, declarando que a plataforma vai mergulhar no material original:

“Estamos muito animados sobre a parceria com a Ubisoft e em dar vida à rica e criativa narrativa pela qual os jogos de ‘Assassin’s Creed‘ são tão adorados. Seus mundos históricos são de tirar o fôlego e seu apelo global como uma das franquias de videogame mais vendidas de todos os tempos fez nossos olhos brilharem. Estamos comprometidos em criar um entretenimento épico e emocionante, com todo cuidado de mergulhar o mais profundo no material original para entregarmos algo de qualidade parta que os fãs possam desfrutar.”

Por enquanto, ainda não há informações sobre a trama, então não se sabe qual dos personagens da franquia será o protagonista da série.

Aproveite para assistir:



E como a ideia está nos estágios iniciais, não foram divulgados candidatos à cadeira diretor, nomes do elenco e nem previsão de estreia.

No entanto, maiores detalhes devem ser divulgados assim que o projeto estiver ganhando forma nos bastidores.

Confira o teaser do anúncio:



“A Netflix vai desenvolver uma série de live-action de ‘Assassin’s Creed’, da Ubisoft. Jason Altman e Danielle Kreinik servirão como produtores executivos.”

Lembrando que o game foi adaptado pela primeira nas telonas em 2017, com Michael Fassbender no papel principal, além de Marion Cotillard e Jeremy Irons.

Orçado em US$ 125 milhões, o longa dirigido por Justin Kurzel foi um fracasso comercial, arrecadando US$ 240 milhões pelo mundo, o que acabou com os planos para futuras sequências.



Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva