Atriz revela porque não volta para a sequência de ‘Top Gun’: ‘Me acham velha e gorda’

Atriz revela porque não volta para a sequência de ‘Top Gun’: ‘Me acham velha e gorda’



Kelly McGillis foi catapultada para a fama após estrelar ‘Top Gun – Ases Indomáveis‘ (1986) ao lado de Tom Cruise, mas enfrentou diversos problemas pessoais e acabou se afastando dos holofotes.

Hoje, aos 62 anos, McGillis revelou que não foi convidada a reprisar seu papel de Charlotte ‘Charlie’ Blackwood na sequência do clássico.

“Eles não me chamaram pois estou muito velha e gorda para a cena de Hollywood. Ao contrário dos outros atores, eu aparento ter a idade que eu tenho. Eu prefiro me sentir absolutamente segura comigo mesmo e minha idade, ao invés de valorizar outras coisas ou pessoas”, afirmou.

No entanto, McGillis ainda está aberta a retornar em ‘Top Gun: Maverick‘  se a convidarem:

“Se e quando isso acontecesse, eu teria que avaliar aonde estou, o que estou fazendo, e o que está acontecendo”.

Assista ao trailer da sequência:

Aproveite para assistir:


Tom Cruise está de volta no trailer de Top Gun: MarverickCurta o CinePOP Cinema

Publiée par CinePOP sur Jeudi 18 juillet 2019

Durante uma entrevista com o Cinema Blend, Jon Hamm comentou sobre o filme e revelou que a sequência terá tecnologia inédita, filmado em 6K.

“Eles estão usando alguma tecnologia que nunca foi vista antes. Estamos gravando o filme em 6K. Então é alta resolução pra valer. As filmagens aéreas são alucinantes. É praticamente prático. Não há muito CGI. Esses caras estão realmente nos aviões.”

Segundo o astro, a sequência terá uma vibe parecida com o filme original, mas trama toma uma direção bem diferente.

Dirigido por Joseph Kosinski e com roteiro de Christoipher McQuarrie e Peter Craig, o filme estrela Tom Cruise, Miles Teller, Val Kilmer, Kelly McGillis, Jennifer Connelly, Glen Powell, Monica Barbaro, Thomas McKenzie, Charles Parnell, Jay Ellis, Bashir Salahuddin, Danny Ramirez, Jon Hamm, e Ed Harris.

Top Gun: Maverick chega aos cinemas em 26 de junho de 2020.



COMENTÁRIOS