'Bohemian Rhapsody' quebra novo recorde de bilheteria e pode ganhar sequência

'Bohemian Rhapsody' quebra novo recorde de bilheteria e pode ganhar sequência



Sucesso! A biografia 'Bohemian Rhapsody' ultrapassou a impressionante marca de US$ 600 milhões nas bilheterias mundiais e quebrou um novo recorde.

O filme se tornou a maior bilheteria da HISTÓRIA para uma cinebiografia musical, tanto nas bilheterias norte-americanas quanto internacional.

O filme tem se beneficiado da movimentada época de final de ano, mantendo-se sólido nas bilheterias dos EUA, onde já soma US$ 175 milhões. Internacionalmente, o filme se saiu ainda melhor, com ótimos US$ 428 milhões.

Ao total, o longa já soma US$ 605 milhões.

O retorce anterior pertencia a 'Straight Outta Compton - A História do N.W.A.', que fez US$ 161 milhões nos EUA.


Aproveite para assistir:


Recentemente, Brian May, o guitarrista do Queen, comentou sobre o final do longa que já estava planejado desde o início, respondendo uma crítica:

"Alguém sem importância disse: ‘Ah, eles vão retratar Freddie morrendo no meio do filme, e então o resto será sobre a vida sem ele. Bom, imbecis. É tudo sobre Freddie, e acho que o Live Aid é um bom ponto para terminar o filme".

Depois, deu a grande pista do que está por vir:

"Quem sabe, pode haver uma sequência. Quem sabe pode haver um filme sobre a vida de Freddie entre 1985 e 1991"

Ansiosos por uma segunda parte de 'Bohemian Rhapsody'?

'Bohemian Rhapsody' é uma celebração exuberante do Queen, sua música e seu extraordinário cantor principal Freddie Mercury, que desafiou estereótipos e quebrou convenções para se tornar um dos artistas mais amados do planeta. O filme mostra o sucesso meteórico da banda através de suas canções icônicas e som revolucionário, a quase implosão quando o estilo de vida de Mercury sai do controle e o reencontro triunfal na véspera do Live Aid, onde Mercury, agora enfrentando uma doença fatal, comanda a banda em uma das maiores apresentações da história do rock. Durante esse processo, foi consolidado o legado da banda que sempre foi mais como uma família, e que continua a inspirar desajustados, sonhadores e amantes de música até os dias de hoje.


COMENTÁRIOS