'Bohemian Rhapsody': Rami Malek queria que filme explorasse mais a vida de Freddie Mercury

'Bohemian Rhapsody': Rami Malek queria que filme explorasse mais a vida de Freddie Mercury


Com tanto sucesso, 'Bohemian Rhapsody' continua sendo um dos filmes mais discutidos do final do ano. Entretanto, mesmo popular, o longa não se livrou de algumas críticas bastante contundentes.

Muitos desejavam que o filme se aprofundasse mais na questão da vida pessoal de Freddie Mercury e da sua sexualidade. Quem concorda com isso também é Rami Malek, ator que encarna Freddie na adaptação em entrevista para a Australian Magazine, declarou:

"Eu tentei empurrar ao máximo o aspecto pessoal da vida dele. Não sei se nos sentimos realmente satisfeitos com o que fizemos.", afirmou.

'Bohemian Rhapsody' é uma celebração exuberante do Queen, sua música e seu extraordinário cantor principal Freddie Mercury, que desafiou estereótipos e quebrou convenções para se tornar um dos artistas mais amados do planeta. O filme mostra o sucesso meteórico da banda através de suas canções icônicas e som revolucionário, a quase implosão quando o estilo de vida de Mercury sai do controle e o reencontro triunfal na véspera do Live Aid, onde Mercury, agora enfrentando uma doença fatal, comanda a banda em uma das maiores apresentações da história do rock. Durante esse processo, foi consolidado o legado da banda que sempre foi mais como uma família, e que continua a inspirar desajustados, sonhadores e amantes de música até os dias de hoje.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c