Em entrevista à GQ Magazine, o astro Brian Cox revelou que recusou um papel na famosa franquia de aventura Piratas do Caribe – e o motivo pode vir a chocar os fãs da saga.

Cox comentou que foi cogitado para interpretar o Governador Weatherby Swann nos longas-metragens (personagem que foi dado, eventualmente, a Jonathan Pryce). Entretanto, ele não aceitou o trabalho por causa do protagonista Johnny Depp, intérprete do Capitão Jack Sparrow.

“É praticamente o show de ‘Johnny Depp como Jack Sparrow’, e Depp, apesar de carismático como eu tenho certeza de que ele é, é muito exagerado, muito superestimado”, ele disse.

Cox completa: “digo, ‘Edward Mãos-de-Tesoura’. Vamo comvinar, se você aparece com mãos daquele jeito e uma maquiagem assustada e branca, você não tem que fazer nada. E ele não fez. E, consequentemente, ele tem feito menos ainda. Mas as pessoas o amam. Ou o amavam. Eles não o amam tanto assim atualmente, é claro”.



Como se não bastasse, o ator também recusou um papel na elogiada série de fantasia Game of Thrones, dessa vez em virtude do baixo salário.

Aproveite para assistir:

“Quando recebi a oferta, originalmente o dinheiro não era tudo isso, digamos assim. Além disso, eu seria morto bem no começo, então não teria quaisquer dos benefícios a longo prazo de uma série de sucesso. Então passei adiante”, ele disse.

Lembrando que Cox interpreta Logan Roy no aclamado drama Succession, cujas três temporadas já estão disponíveis na HBO Max.

Relembre o trailer oficial do ciclo mais recente:



A série foi criada por Jesse Armstrong.

A trama acompanha a história da família Roy, composta por Logan e seus quatro filhos. Logan controla um dos maiores conglomerados de meios de comunicação e entretenimento do mundo.

O elenco conta conta com Brian Cox, Kieran Culkin, Jeremy Strong e Sarah Snook.

Succession é um dos grande sucessos da HBO e já levou para casa duas estatuetas do Emmy, incluindo Melhor Série DramáticaMelhor Ator em Série Dramática para Strong – além de ter sido indicado outras seis vezes.



Não deixe de assistir: