Diversas mulheres apresentaram queixa contra o ator Bryan Callen, conhecido pelo seu papel na comédia ‘The Goldbergs‘, por assédio sexual e má conduta.

A principal denúncia veio à luz através de um artigo publicado pelo Los Angeles Times, com a atriz Katherine Fiore Tigerman acusando o ator de tê-la estuprado em 1999, após um jantar para celebrar um trabalho que eles haviam conseguido.

Callen negou a acusação, afirmando ser “falsa” e insistindo que “ambos concordaram em fazer sexo”.



Além disso, uma vendedora chamada Rachel Green alega que o ator a assediou em 2009 e a comediante Tiffany King afirma que Callen a ofereceu dinheiro e destaque na tela em troca de sexo oral em 2017.

Em declaração oficial, Callen afirmou: “Deixe-me ser claro: Eu nunca estuprei ou me forcei em nenhuma mulher, nem troquei sexo por dinheiro. NUNCA. Eu sei a verdade. E eu vou manter minha cabeça erguida, permanecendo verdadeiro comigo mesmo, minha família e o meu público. Eu não vou permitir que a cultura do cancelamento subverta a verdade.”

Através do seu Instagram, atriz Amy Schumer compartilhou o artigo do Times e ofereceu o seu número de telefone, caso “alguém queira falar sobre o Bryan ou qualquer pessoa que tenha sido abusada”.



Aproveite para assistir:



De acordo com o Variety, o ator não retornará à série ‘The Goldbergs‘ na próxima temporada, mas rumores apontam que sua “ausência se deve por causa dos rumos da trama ao invés de uma resposta às alegações”.

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE