Haja confiança para afirmar queOs Novos Mutantes chega aos cinemas no dia 28 de agosto de 2020 no mesmo dia em que a Disney adia indefinidamente todo o restante de seu calendário.

Em painel durante a [email protected] 2020, a edição virtual da San Diego Comic-Con, o diretor Josh Boone se reuniu com o elenco, formado por Henry Zaga, Maisie Williams, Alice Braga, Anya Taylor-Joy, Blu Gunt e Charlie Heaton para falar sobre a longa jornada do filme e agradecer aos fãs por tanta paciência.

Ainda que muitos esperassem que o painel fosse um anúncio de que o filme chegaria diretamente em streaming, não foi o caso. A estreia permanece marcada para as telonas, mesmo que em uma capacidade limitada. Durante o painel, cartazes feitos por fãs foram exibidos e os dois primeiros minutos do filme também ganharam o mundo.



“Eu terminei de fazerA Culpa é das Estrelas, e eu sabia que a Fox tinha os X-Men”, relembra Boone. “E eu sempre fui apaixonado por essa saga, e a mistura de muitos gêneros dentro de uma história é o que me atrai para ela.”

O diretor conta dos planos que tinha para toda uma trilogia, chegando até a adaptação da saga Inferno.

“Tínhamos planos, obviamente, de trazer novos personagens para o próximo filme. O Warlock estava nas versões iniciais do roteiro, mas era muito caro inseri-lo. Então, quando o retiramos na narrativa, pudemos fazer o filme”, conta.

“A ideia era serem gêneros de terror diferentes”, continua. “O primeiro seria uma espécie de terror de rubber reality [em que se mistura realidade e fantasia], o segundo seria uma invasão alienígena com Warlock, e o terceiro reuniria todos os elementos do crossover dos X-Men do fim da década de 80 e início dos anos 90, chamado Inferno, e seria um terror sobrenatural apocalíptico. Esse era o plano.”

Aproveite para assistir:



Deixando os planos de lado, o elenco aproveitou para revelar quais foram os desafios e surpresas que enfrentaram durante as filmagens. Para Maisie Williams, que interpreta Lupina, foi interessante saltar de uma saga tão recheada de fãs como ‘Game of Thrones’ para outra, justamente porque suas personagens têm comportamentos opostos.

“Ela é muito tímida, ela quer falar o que quer mas não consegue”, explica a atriz. “Com a Arya, eu tenho que controlar o ambiente e estar no comando de tudo. E é cansativo ser assim o tempo todo, então foi confortável fazer uma coisa que saísse desse escopo. Todo esse universo de super-heróis é insano, mas eu gosto disso.”

Já Anya Taylor-Joy, que vai de uma variedade de filmes que inclui de A Bruxa a Emma, revela que interpretar Magia foi justamente o que abriu portas para ela enxergar um potencial que não conhecia de si mesma.



“Porque gravamos há um certo tempo, a Magia foi a primeira personagem que eu interpretei que era tão agressiva e com tanta presença. E foi muito divertido, eu consegui criar bastante com aquilo. Ainda mais com a coisa do braço, e a espada, você se sente muito poderosa durante as cenas de ação.”

A ideia é um pouco diferente para Charlie Heaton, que vive o personagem Míssil. Questionado sobre o que ele mesmo tem de comum com personagens “isolados e esquisitões”, tanto quanto o Jonathan de Stranger Things, Heaton argumenta:

“Boa pergunta. Eu sou atraído a esses papéis ou sou visto assim? De uma certa forma, com o Sam, ele se diferencia de um personagem como o Jonathan — além da questão do poder — porque existem qualidades de liderança que podem ser boas para ele no futuro. Há uma dor reprimida nele, e isso foi algo em que eu me baseei para poder criar uma evolução. Há alguns conflitos que precisam ser desenvolvidos enquanto personagem, e são exatamente esses pontos que são interessantes sobre o Sam”, explica.

A brasileira Alice Braga, que vive a Dra. Cecilia Reyes, explicou que vê o restante do elenco como seus bebês.

“Ela está tentando ensinar esses Mutantes a controlarem seus poderes. Como atriz e como fã, eu estava empolgada por poder ver os detalhes e as nuances das personalidades.”



Maisie Williams e Blu Hunt, que interpreta Dani, ainda falaram sobre o romance de suas personagens: “Desde que fizemos a primeira audição, nos demos bem”, relembra Williams. “E foi ótimo ver uma relação dessas se desenvolver, sobretudo em um ambiente tipicamente masculino. Foi ótimo ver essas duas personagens femininas protegendo-se e vendo a luz uma na outra”.

Já Hunt confessa que, desde o primeiro dia, estava nervosa: “Eu fui para a audição pensando: ‘Meu Deus, eu tenho que beijar a Maisie Williams?'”

Planejado para ser uma espécie de continuação mais sombria do universo dos X-Men da Fox,Os Novos Mutantes conta a história de cinco jovens descobrindo as suas habilidades e presos contra a vontade em uma instituição secreta. Eles precisam lutar para escaparem de seus demônios e de si mesmos. O filme segue com o lançamento planejado para agosto de 2020.

Confira abaixo o painel, com os minutos iniciais do filme.


Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva