Notícias ‘Contágio’: Filme de Steven Soderbergh volta a ganhar destaque após surto de...

‘Contágio’: Filme de Steven Soderbergh volta a ganhar destaque após surto de Coronavírus

De acordo com o The Hollywood Reporter, o surto de Coronavírus despertou o interesse dos cinéfilos por produções que abordam doenças contagiosas, como ‘Contágio‘, dirigido por Steven Soderbergh em 2011.

Depois que o vírus se tornou um dos principais assuntos na mídia, o longa de Soderbergh se tornou um dos 10 mais buscados no iTunes e está rivalizando com filmes recentes, como ‘Coringa’, ‘Parasita’, e ‘As Golpistas‘.

Isso porque a trama gira em torno de uma doença originária da China, mas que acaba se espalhando pelo mundo depois que uma mulher retorna ao EUA depois de uma viagem ao país asiático.


Após a morte da mulher, interpretada por Gwyneth Paltrow, seu filho também não resiste aos sintomas e logo a doença se espalha até se tornar uma epidemia global.

Enquanto isso, a comunidade científica tenta encontrar uma cura para o novo vírus altamente perigoso.

Lembrando que o Coronavírus já matou mais de 100 pessoas e teve cerca de 4500 casos confirmados até ontem (28). Acredita-se que a se originou na cidade de Wuhan, na China, mas todo o país e diversas nações estão em estado de alerta após o crescimento do número de vítimas.

Aproveite para assistir:


Por causa disso, até mesmo a exibição de filmes na China está em grande parte suspensa, pois o vírus continua tomando conta do país.

Segundo a Variety, milhares de cinemas fecharam suas portas durante um grande fim de semana para as bilheterias nacionais: o feriado de Ano Novo Chinês.

Até sexta-feira, pelo menos 70 mil salas de cinema em 11 mil complexos foram fechadas em toda a China, onde as medidas de quarentena afetaram milhões de pessoas e as restrições de viagem permanecem intactas.


“De acordo com os requisitos atuais para a prevenção de um novo tipo de pneumonia por Coronavírus na China, os cinemas estarão fechados a partir de agora até o feriado do Festival da Primavera. Cada companhia de cinema deve orientar e reembolsar seus clientes”, disse uma autoridade da província de Guangdong à Variety.

Segundo o relatório, os distribuidores chineses também retiraram sete blockbusters que foram lançados neste fim de semana, programados para o feriado, que normalmente gera mais de US$ 1 bilhão em vendas de ingressos.

Enquanto isso, cientistas internacionais estão correndo para desenvolver uma vacina para combater o vírus, o que nunca foi visto antes.

Comentários