A pandemia do coronavírus deve acarretar em um prejuízo bilionário para a indústria cinematográfica.

Segundo o The Hollywood Reporter, vários estúdios já perderam cerca de US$ 7 milhões ao redor do mundo e as expectativas são de que as perdas cresçam ainda mais, caso a situação mundial não melhore.

As previsões indicam que a série de adiamentos, cancelamentos e suspensão de várias produções podem impactar toda a indústria de forma grandiosa, gerando um prejuízo de cerca de US$ 20 bilhões no geral.



A Disney deve ser a empresa mais afetada, em virtude de sua sucessão de projetos em andamento.

Como já publicado previamente, a Casa do Mickey deve sofrer perdas diárias de cerca de US$ 350 mil, devido à suspensão das filmagens de ‘Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis‘.

Além disso, a empresa teve que cancelar a premiere de ‘Mulan‘ que aconteceria em Londres, poucos dias após a pré-estreia norte-americana, em virtude dos perigos de grandes aglomerações no local. O live-action estava com seu lançamento agendado para o dia 26 de março ao redor do mundo.

Indo mais longe, o polêmico ‘Novos Mutantes‘ também foi forçado a ser adiado – indefinidamente – em virtude do surto de coronavírus.

Aproveite para assistir:



A MGM também não fica tão atrás e o adiamento de ‘007 – Sem Tempo Para Morrer‘ deve custar entre US$ 30 e US$ 50 milhões até a data da nova estreia, reagendada para 25 de novembro deste ano.

A Universal Pictures também tomou medidas preventivas, optando por adiar a estreia de ‘Velozes e Furiosos 9‘ para 02 de abril de 2021. A medida não deve gerar grandes impactos financeiros ao estúdio, mas a surpreendentemente distante data pegou todos os fãs da franquia de surpresa.

 



Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva