terça-feira, fevereiro 20, 2024

Crítica | Loucas em Apuros – HILÁRIO, inteligente, colorido e surpreendentemente crítico…

Quase quinze anos atrás a comédiaSe Beber Não Case’ estreou nos cinemas e causou uma verdadeira revolução com o seu jeito sem freio de construir uma narrativa envolvendo quatro homens brancos adultos em uma sequência de situações hilárias que fizeram com que o público mundial caísse na gargalhada, e resultou numa franquia homônima. Mas, era uma história um bocado machista, e uma das principais piadas do filme era em cima de um personagem asiático, Senhor Chow, interpretado por Ken Jeong, que sempre era retratado como um personagem diminuído perante os protagonistas. Como contraponto a essa proposta, estreia na primeira semana de agosto a comédiaLoucas em Apuros’, uma resposta feminina e asiática a ‘Se Beber Não Case’.

Audrey (Ashley Park) é uma advogada de sucesso focada em conseguir uma promoção que vai torná-la representante da empresa em Los Angeles. Desde pequena sua melhor amiga é Lolo (Sherry Cola), que é seu extremo oposto: artista liberal e despreocupada com a vida, atualmente ela vive na garagem de Audrey. Quando Audrey recebe uma proposta de viajar para a China para fechar um grande negócio para a empresa, ela topa na hora, e decide levar Lolo junto como intérprete, afinal, embora asiática, ela fora adotada ainda pequena por um casal branco e não fala nada em mandarim. O que era para ser uma viagem de negócios rapidamente desanda ladeira abaixo quando a prima de Lolo, Olho de Peixe (Sabrina Wu), é agregada à viagem ainda no aeroporto, e a amiga de faculdade de Audrey, Kat (Stephanie Hsu), entra no grupo, causando ciúme em Lolo.

É bem verdade que as comparações com ‘Se Beber Não Case’ sejam recorrente ao longo de ‘Loucas em Apuros’, porém o filme é tão bom, que as semelhanças ficam em segundo plano. O roteiro de Teresa Hsiao e Cherry Chevapravatdumrong é bem costurado em cima de clichês padrões desse tipo de comédia, mas sempre inserindo um contexto crítico-social que traz o contraponto asiático – mais particularmente, chinês – para dentro das cenas. Assim, boa parte da comicidade se baseia no contraste entre a branquitude e seu olhar limitado e xenofóbico sobre a comunidade asiática e como estas personagens perlaboram essas questões constantemente em suas vidas.

Os diálogos são construídos de maneira tão inteligente, que surpreende por conseguirem ser inseridos em contextos tão aleatórios como os que as personagens se metem. Por outro lado, embora evidentemente Olho de Peixe seja uma personagem trans, o longa de Adele Lim não aprofunda o debate, deixando a personagem meio abobalhada e deslocada do grupo.

Ainda assim ‘Loucas em Apuros’ encontra espaço para construir cenas de comicidade escatológica típicas desse tipo de produção e que atrai o grande público. Nesse sentido, o longa não só recupera o gênero, encabeçado por produções como ‘American Pie’, como entrega uma versão feminina de situações que quando protagonizadas por homens não causaram tanto espanto quanto aqui, protagonizada por mulheres – e esse é o grande mérito de ‘Loucas em Apuros’: ocupar com mulheres um espaço do gênero da comédia bobeirol reservado apenas para atores homens e histórias masculinas.

Inteligente, colorido, hilário e surpreendentemente crítico, ‘Loucas em Apuros’ consegue produzir entretenimento com consciência social. No meio de uma aventura muito inesperada de quatro mulheres longe de suas raízes ancestrais, não se espantem se em alguns momentos um par de lágrimas escorrer dos seus olhos, pois debaixo da camada da comédia há uma profunda e bela mensagem sobre ter orgulho de se ser quem é.

Aproveitando o finzinho do recesso, ‘Loucas em Apuros’ está com sessões de pré-estreia em muitos cinemas. É um filme para rir com as amigas e abraçá-las ao final da sessão.

Não deixe de assistir:

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS

Quase quinze anos atrás a comédia ‘Se Beber Não Case’ estreou nos cinemas e causou uma verdadeira revolução com o seu jeito sem freio de construir uma narrativa envolvendo quatro homens brancos adultos em uma sequência de situações hilárias que fizeram com que o...Crítica | Loucas em Apuros – HILÁRIO, inteligente, colorido e surpreendentemente crítico...