Crítica | Predadores Assassinos é aterrorizante e vai fazer você se contorcer no cinema

Crítica | Predadores Assassinos é aterrorizante e vai fazer você se contorcer no cinema

Nota:


Imagine ficar preso na assustadora tempestade de um furacão Categoria 5, enquanto tenta salvar seu pai da morte. Por si só, essa premissa já seria extremamente assustadora, mas ‘Predadores Assassinos‘ (Crawl) decide ir além e adiciona mais elementos de terror: jacarés gigantes sedentos por sangue.

Após o sucesso estrondoso de ‘Tubarão‘, filme-evento lançado por Steven Spielberg em 1975, as produções com animais assassinos ganharam seu lugar nos cinemas e arrecadaram milhares de dólares nas bilheterias, usando desde um cachorro endemoniado (‘Cujo‘), até piranhas e ‘Serpentes à Bordo‘. Sim, a imaginação fértil dos roteiristas hollywoodianos nos brindou com produções-B divertidas, assustadoras e extremamente piradas, como o sucesso da franquia trash ‘Sharknado‘.

Porém, o terror foi dando espaço para a comédia e as produções do subgênero se tornaram cada vez mais raras.

Com ‘Predadores Assassinos‘, o terror está de volta: tenso, angustiante, sangrento e sombrio, o filme consegue te prender na cadeira do começo até o fim à medida que acompanhamos a aterrorizante jornada da nossa protagonista.

A trama acompanha a jovem Haley (Kaya Scodelario), que não consegue contatar seu pai enquanto um enorme furacão está à caminho de sua cidade natal na Flórida. Preocupada, ela ignora as ordens das autoridades para deixar a cidade e vai em busca de seu pai desaparecido. Ao encontrá-lo gravemente ferido, os dois ficam presos na inundação. Porém, conforme o tempo passa, Haley e seu pai descobrem que o aumento do nível da água é o menor dos seus problemas.

Aproveite para assistir:


O diretor Alexandre Aja prova que não é preciso muito para se fazer um ótimo filme: usando apenas dois personagens e uma trama aparentemente simples, ele cria um suspense angustiante e sufocante que prende a atenção do espectador durante cada um de seus 87 minutos. Com várias reviravoltas criativas e uma tensão crescente, o filme consegue aproveitar cada um dos momentos para surpreender o espectador.

Aja, que já comandou outras produções bem sucedidas como os remakes ‘Viagem Maldita‘ e ‘Piranha 3D‘, tem um talento nato para assustar e entreter ao mesmo tempo, fugindo dos clichês de gênero e trazendo inovação para uma fórmula desgastada, além de criar um ritmo frenético e momentos de tensão máxima.

Outro grande ponto positivo está na protagonista. A atriz britânica de ascendência brasileira Kaya Scodelario cria uma personagem forte e inteligente (algo incomum no gênero), entregando uma atuação ótima e extremamente convincente.

Produzido por Sam Raimi (‘Arraste-me Para o Inferno‘), ‘Predadores Assassinos‘ é um terror que cumpre com sucesso o que se propõe, usando um CGI de ponta auxiliado por efeitos práticos de primeira para assustar e aterrorizar. E, acredite, você vai se contorcer de nervoso na cadeira do cinema!



COMENTÁRIOS