Soltos Em Floripa chega no boom de realities shows que invadiram os serviços de streaming nacionais nos últimos anos. O brasileiro já conhece bem o formato, e é viciado no gênero, onde claramente isso é visto pela audiência da TV aberta com o Big Brother Brasil já no ar tem 20 edições, juntamente com seu “primo pobre” A Fazenda

E se você achava que De Férias com o Ex (MTV e também exibido na Amazon Prime Video) era o auge do chamado trash tv, meu amigo, você não tem noção do que te espera com Soltos em Floripa. O novo reality show da Amazon Prime Video parece pegar tudo que faz um reality show ser aquele prazer culposo de se assistir e eleva numa potência ainda maior. É a mistura tudo que o brasileiro gosta em reality show: confusão, barraco, e pegação. E Soltos em Floripa faz a definição máxima do meme “dedo no c* e gritaria”. 

O diferencial aqui é que além de assistir o programa que coloca um monte de jovens em uma casa em Florianópolis, a Amazon Prime Video trouxe um time de “influenciadores” para comentar o programa em momentos que as coisas acontecem. Liderados pela cantora Pabllo Vittar (ótima e com vários comentários afiados), Soltos em Floripa parece entender que assistir e acompanhar reality show só é bom se você tiver alguém para comentar junto as loucuras e peripécias com você. No caso, o reality traz um grupo de pessoas como o ator Felipe Titto, o cantor sertanejo Mariano, a cantora e compositora carioca MC Carol (hilária e cheia de histórias sensacionais), e os influenciadores digitais John Drops e Bianca Andrade, para fazer isso com espectador mesmo que de uma forma não tão interativa. 

Soltos em Floripa é um reality show realmente sem pudor nenhum. Confesso que acompanho o mundo de realities e séries de TV há quase 20 anos e nunca um episódio me deixou tão chocado quanto os primeiros deste. O reality show é a definição de um show em realidade mesmo, tem pessoas brigando, trans*ndo, e tudo isso é mostrado, portanto tirem as crianças da sala.

Da esquerda pra direita, Beatriz Garcia, Thais Pereira, Taynara Nunes, João Mercuri, Murilo Dias, Luan Cavati e Nathalia Gomes, na frente, Ramon Bernardes | Foto: Amazon Prime Video Brasil

Se você é jovem e tem o hábito de sair já deve ter visto algum dos tipos de participantes que reality show oferece, na vida real. As figuras que a Amazon Prime Video colocou dentro da casa são completamente estereotipadas, e claro, sem diversidade nenhuma, você tropeça em vários em qualquer casa noturna, onde temos uma enxurrada de garotas com vestidos apertados, cabelos longos e copos na mão, aliados com rapazes cheio de estilo, mas bem parecidos entre si, onde grande parte está lá para um motivo: pegação sem compromisso nenhum, diferente do polêmico Casamento Às Cegas do concorrente Netflix.

Basicamente Soltos em Floripa é uma câmera voyeur que leva o espectador para alguns dias na vida desse tipo especifico da parcela da população, regrado de convites VIPs, bebidas, festinhas, e claro, conflitos, onde a superficialidade que cerca a casa e os participantes é gigante. E depois o público LGBT é que é conhecido por sua futilidade, não é mesmo?

E num mundo moderno, onde as mulheres pedem os mesmos direitos que os homens nos relacionamentos, algumas coisas ficam cada vez mais claro no programa. Soltos em Floripa coloca, e muda os conflitos, entre os participantes de uma forma muito rápida, que nem dá tempo de você piscar, em um momento temos um dos participantes beijando duas meninas em um camarote, o que leva depois para uma discussão com eles na gigante casa que a Prime Video os colocou, mas já depois em outro dia, e alguns minutos depois, o caldo entorna depois que o grupo visita um bar e pessoas de fora chegam para atrapalhar a “harmonia” da casa.

10 filmes de terror no Amazon Prime Video para fugir dos problemas…

Aproveite para assistir:

10 Séries de Comédia para Maratonar nas Próximas Semanas

O reality chega a ser embaraçante em vários momentos e usa de passagens mais calientes, e sem filtro nenhum, para realmente apimentar o programa. A vinheta de aviso de conteúdo adulto no começo, que parece apenas por estar lá,  é necessária na medida que o episódios se desenrolam, é o famoso “credo que delícia”, afinal, a coisa fica bem pesada em diversos momentos, e com diversos participantes, na medida que eles se conhecem mais intimamente. 

No final, Soltos em Floripa consegue ainda colocar um tempero único na medida que descobrimos que os participantes irão precisar trabalhar para “sustentar” suas festas e saídas, o que poderá gerar novas interações, além daqueles de quem pegou quem, ou quem ficou com quem. Uma aposta ousada, curiosa, mas promissora para o mundinho dos reality shows. 

Serão 8 episódios que ficarão disponíveis toda sexta-feira na Amazon Prime Video.

15 Séries da Netflix Para Maratonar

15 Séries da Globoplay Para Você Maratonar

15 Séries da Amazon Prime Para Maratonar neste mês

10 reality shows insanos pra você que amou The Circle e Casamento às Cegas

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE