A felicidade restrita de almas que deveriam poder ter liberdade para amar onde, como e quando quisessem. Diretamente de Hong Kong (um lugar onde o casamento homoafetivo não é reconhecido), chega ao circuito brasileiro de exibição um longa-metragem que nos apresenta o universo particular de dois homens, um taxista em fim de carreira e um aposentado que se encontram, logo se apaixonam e ao longo do tempo buscam respostas para como dizer ao mundo, e principalmente aos que o cercam, as verdades sobre o que sentem. Escrito e dirigido pelo cineasta Ray Yeung, Suk Suk – Um Amor em Segredo ganhou diversos prêmios internacionais. Poderoso drama, emocionante, sensível, que conquista o espectador do início ao fim.

Na trama, conhecemos Pak (Tai-Bo), um taxista que passou as últimas duas décadas dirigindo 18 horas por dia para dar uma estrutura de vida aceitável para sua esposa e seus filhos. Certo dia encontra um homem por quem logo se apaixona, o aposentado Hoi (Ben Yuen), pai de família que criou o filho sozinho e hoje vive seus dias lutando pelos direitos aos homossexuais, ajudando os amigos e buscando uma relação melhor com o filho agora adulto e cada vez mais distante. Essas duas almas precisarão descobrir qual o tamanho e força dessa relação que se estabelece e principalmente que rumos gostariam de trilhar no futuro.



Há muitos conflitos espalhados pelas mais de uma hora e meia de duração. Pak e Hoi, entendem o que sentem como uma interseção mas bem diferentes quando sobre as reflexões de serem gays em uma sociedade demasiadamente conservadora. O sofrimento é visível por essa falta de liberdade que encontram quando juntos, Pak em seus olhares perdidos nas refeições junto à família, Hoi no aperto do peito na posição de amante sem perspectiva de mudança de direção.

Aproveite para assistir:

O valor do trabalho na vida familiar, dentro das questões dos costumes, fica bem nítido nos arcos que exploram a nova rotina do recém genro de Pak, que com uma forcinha do sogro busca encontrar seu caminho para ser um pai de família que faça a todos que ama feliz. Sobre costumes, ou até mesmo dentro desse retrato mais profundo sobre pontos na família, a questão da religião e conflitos não declarados entre Hoi e seu filho ganham espaço, nos fazendo entender ainda bem melhor esse tão rico personagem.

Suk Suk – Um Amor em Segredo é muito mais do que uma linda história de amor na melhor idade. A partir das escolhas, acompanhamos a força das esferas da solidão, a luta pelos direitos, o sofrimento por não poderem gritar ao mundo quem são.



Comentários

Não deixe de assistir: