Crítica | Terror Profundo – Sequência não oficial de ‘Mar Aberto’ afunda na mediocridade

Crítica | Terror Profundo – Sequência não oficial de ‘Mar Aberto’ afunda na mediocridade

Nota:

Primeiro você encontra os tubarões, depois eles te encontram.

Depois do sucesso inesperado de filmes como ‘Águas Rasas‘ e ‘Medo Profundo‘, parece que os tubarões estão em alta novamente. Para não perder a oportunidade de faturar em cima do tema, a Lionsgate adquiriu um filme independente e o lançou como parte da franquia ‘Mar Aberto‘. Os filmes não têm nenhuma ligação entre si, unidos apenas de forma canastra pelo título. De fato, o segundo exemplar da franquia foi nomeado ‘Pânico em Alto Mar‘ no Brasil, restaurando o status independente de cada projeto. Este terceiro, lançado direto em vídeo pela California Filmes, segue a mesma lógica, recebendo o título ‘Terror Profundo‘.

A trama gira em torno de três amigos que decidem gravar um vídeo de audição para participar de um reality show extremo. Para se destacarem, eles resolvem filmar a si mesmos enquanto mergulham com tubarões na segurança de uma jaula. No entanto, quando uma onda enorme vira o barco, os três jovens se veem sem proteção em um mar infestado de tubarões. Sem recursos ou esperanças, o trio tem apenas sua câmera para gravar o que pode ser os seus momentos finais…

Já tem bastante tempo que o subgênero found footage encontra-se saturado – e não há sinais no horizonte que ele possa voltar a ser popular tão cedo. Fomos bombardeados com tantas produções independentes (e de grandes estúdios, é claro) filmadas em primeira pessoa que os espectadores não demoraram muito para se cansar delas; principalmente pelo fato da maioria seguir a mesma fórmula, o que ajudou ainda mais no desgaste geral do estilo. ‘Terror Profundo‘ chega atrasado, e o fato de seguir fielmente todos os clichês deste subgênero certamente não o ajuda. Muita gritaria e câmera tremendo são as únicas coisas que esta “sequência” tem a oferecer. É até irônico que um filme que se passa em mar aberto possa ser tão… raso.



Como sempre tento ver o ponto positivo, há algumas coisas que podem ser destacadas nesta produção. Primeiro que os efeitos estão surpreendentemente bem feitos, e há uns ataques que conseguem impressionar. Infelizmente, o trailer já havia mostrado as melhores cenas, o que torna a experiência de quem o viu um pouco mais vazia. Há alguma tentativa de tensão, mas as cenas são cortadas demais e a direção também não ajuda. Ao invés de ficarmos tensos com a possibilidade de um ataque surpresa, ficamos, na maior parte do tempo, entediados, enquanto os três personagens flutuam na água e reproduzem algum diálogo desinteressante.

Acredito que o ponto mais baixo deste filme gire em torno dos seus personagens. Há apenas três deles, e, para o bem do roteiro, era necessário que nós nos importássemos com eles. Porém, muito pelo contrário; eles são alguns dos piores e mais burros personagens que eu já acompanhei no gênero (e isso não é um exagero). O roteiro introduz uma subtrama de traição e força um triângulo amoroso que em nada acrescenta à trama além de começarmos a odiar esses personagens. Em pleno terceiro ato a última coisa que nós esperamos é ver brigas sobre fidelidade, deixando os tubarões e a tensão lá no fundo do oceano. Além disso, o enredo apresenta uma das maiores burrices que eu já vi em filme. É algo tão chocantemente estúpido que eu não sabia o que sentir. Não acredita em mim? Apenas espere uma certa cena na barraca e tire suas próprias conclusões.

Terror Profundo‘ é um enorme retrocesso, não só em torno de filmes envolvendo tubarões e found footage, como também na própria franquia a qual foi arbitrariamente inserido. É de longe o mais fraco dos três – e o segundo sequer tem tubarões (!!). Tirando algumas cenas que o trailer faz questão de exibir, não há muito mais que valha a pena por aqui. Espero que isso não afete a crescente atenção que os tubarões têm recebido ultimamente, e que este filme afunde no mar de esquecimento que merece. Para quem gosta do tema, respirem tranquilos, porque, em breve, poderemos ver ‘MegaTubarão‘ nas telonas, estrelando Jason Statham. E há apenas uma palavra para definir este próximo lançamento: GRANDE.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c