David Ayer já esteve mais empolgado em outra aparição na San Diego Comic Con. Isso foi quando o cineasta esteve presente para divulgar Esquadrão Suicida (2016). Todos sabemos o resultado de tal filme, mas apesar das críticas extremamente negativas, o longa arrecadou mais de US$ 700 milhões mundialmente, o que foi suficiente para lhe garantir sinal verde para uma continuação.

Desta vez, Ayer esteve no maior evento de cultura pop mundial para divulgar Bright, parceria com a Netflix, novamente protagonizada pelo astro Will Smith – cujo lançamento ocorre na plataforma em dezembro. Como esperado, o diretor não conseguiu evitar perguntas sobre seu próximo projeto na Warner / DC, Sereias de Gotham, derivado que terá Harley Quinn (Margot Robbie), Mulher Gato e Hera Venenosa com protagonistas.

Abaixo, Ayer falou ao IGN o motivo de ter deixado a direção de Esquadrão Suicida 2 em prol do derivado com personagens femininas.



“É uma história sobre três mulheres fantásticas, que estão tentando encontrar seu lugar no mundo, e perceber que possuem mais poder juntas do que individualmente. Eu tenho filhas, e queria criar algo que as ajude a se adaptar ao mundo um pouco.”

Ao que tudo indica, o filme deverá ser lançado em 2019. Hoje será a apresentação da Warner na SDCC e espera-se um anuncio oficial sobre estes e outros projetos da casa, em especial ao lado da DC.

Fique ligado no CinePOP para novidades na SDCC.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE