segunda-feira, abril 15, 2024

Documentário sobre seita satânica é a produção MAIS ASSISTIDA da HBO Max na América Latina; Confira as reações!

Também conhecida como A Madrinha, A Bruxa de Matamoros, A Concubina do Diabo e A Narcosatânica, Sara Aldrete virou manchete em 1989 por fazer parte da seita conhecida como Os Narcosatânicos.

Condenada por participar de sacrifícios humanos em rituais de ocultismo, Sara é tema do documentário ‘Narcosatânica‘, que se tornou a produção mais assistida da HBO Max na América Latina.

Dentro da prisão, em entrevistas exclusivas e íntimas, Sara conta como o líder do grupo, Adolfo Constanzo, mais conhecido como O Padrinho. Junto com seus fiéis amantes: Martín, Omar e Sara, ele protagonizou uma das histórias mais sangrentas do México nos anos 80.

Ao longo dos episódios, Sara conta como foi o convívio com Adolfo e como se converteu na prisioneira mais antiga do sistema carcerário mexicano.

Para quem nunca ouviu falar, o grupo chamado Os Narcosatânicos iniciaram sua trajetória sacrificando animais para clientes ricos, que muitas vezes eram traficantes de drogas e mercenários.

Interessados no poder e no dinheiro que vinha junto com o submundo do crime, o grupo passou a sacrificar os traficantes e começaram a revender sua droga.

Acredita-se que mais de vinte vítimas foram assassinadas pelo grupo, e o caso ganhou grandes proporções quando eles mataram Mark Kilroy, um estudante norte-ameicano da Universidade de Austin, no Texas.

Atualmente com 58 anos e sonhando com sua liberdade, Sara relembra um conto de terror cheio de ritos sobrenaturais e forças ocultas, que ainda hoje tem muito que revelar.

Confira algumas reações de quem está assistindo:

Não deixe de assistir:

Confira o trailer:

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS