Um usuário do Twitter divulgou um vídeo inusitado que mostra o momento em que o ator Ezra Miller recebe voz de prisão no Havaí após seus comportamentos agressivos na região.

Para quem não sabe, o astro de ‘Animais Fantásticos‘ e do vindouro ‘The Flash‘ agrediu duas pessoas num bar e sofreu com uma ordem de restrição depois de invadir o apartamento de um casal e ameaçar suas vidas.

No vídeo de uma dessas prisões, Miller alega que ele é quem foi agredido para servir de ‘arte de NFT’, uma tecnologia descrita como “um token não fungível e um tipo especial de token criptográfico que representa algo único”.



Em seguida, ele parece alucinado e até engrossa a voz ao pedir que os policiais lhe digam seus nomes e mostrem suas credenciais. Então ele volta a afirmar que havia sido agredido por outras pessoas no bar… Pessoas que se identificavam como nazistas.

“Eu fui agredido e comecei a filmar. Eu mesmo me filmei, deixe eu te mostrar. Fui agredido duas vezes nesse bar. Eu me filmo quando sou agredido para criar arte crypto NFT”, diz ele.

Aproveite para assistir:

Em outro momento, o ator questiona:

“Estou sendo preso por conduta inapropriada? Eu é que fui agredido”.



Depois disso, Miller recorre à 9ª e à 4ª emenda da Constituição dos EUA, que resguardam os direitos de um indivíduo que se diz inocente até que se prove sua culpa em um crime.

Ele também pede que os policiais não confisquem seu anel do Flash e depois os acusa de tocar em suas partes intímas, dizendo que é uma pessoa “transgênero, não-binária e não quer ser tocada por um homem”.

Assista:



“Havaianos nazistas, nfts, voz de batman exigindo credenciais. Tem tudo isso nesse vídeo.”

Por conta das polêmicas, o site Screen Geek afirmou que a Warner estaria planejando substituir Miller em ‘The Flash‘.

O site alegou que o estúdio estava cotando Dylan O’Brien, de ‘Maze Runner, para regravar as cenas no lugar do Miller.



Por outro lado, os principais sites de notícias norte-americanos desmentiram o rumor.

“Me disseram que a Warner Bros. Pictures *não* está considerando substituir Ezra Miller em The Flash. O ator foi preso duas vezes no Havaí neste ano, uma por conduta desordeira e assédio, e outra por agressão de segundo grau”, diz o tweet:

Além disso, após a repercussão de sua atuação em ‘Animais Fantásticos: O Segredo de Dumbledore‘, sua participação nos futuros filmes da série não está descartada, como diziam alguns rumores.



Assim como qualquer planejamento de levar ‘The Flash‘ para a plataforma da HBO Max em detrimento a estreia nos cinemas. Até o momento, a Warner não está pensando em punições para o ator por suas atitudes, ainda que já tenha feito uma reunião sobre isso.

Lembrando que ‘The Flash’ vai mostrar Barry Allen/Flash (Miller) viajando no tempo para impedir o assassinato de sua mãe. Porém, quando ele retorna ao presente, sua mãe ainda está viva…. mas o mundo é um pesadelo. A Liga da Justiça nunca existiu e Barry precisa fazer de tudo para corrigir todos os seus defeitos.

Se o cronograma correr como o planejado, ‘The Flash’ chega aos cinemas em 23 de junho de 2023.

Não deixe de assistir: