'Ela Disse, Ele Disse': Visitamos o Set da comédia nacional teen com Maisa Silva

'Ela Disse, Ele Disse': Visitamos o Set da comédia nacional teen com Maisa Silva


Depois do sucesso de É fada! (2016), Fala Sério, Mãe! (2017) e Tudo Por Um Popstar (2018), mais um livro da escritora Thalita Rebouças está sendo adaptado para o cinema. Dessa vez, o escolhido foi Ela Disse, Ele Disse - o mais vendido entre todas as suas obras e o primeiro que também conta com o ponto de vista de um menino ao longo da história. Com estreia prevista para o segundo semestre de 2019, o longa dirigido por Claúdia Castro - que apresentará a estrela mirim Maisa Silva vivendo sua primeira antagonista -  já está com as gravações a todo vapor! E nós do CinePOP tivemos a oportunidade de acompanhar um dia de filmagem no set e conversar com o elenco para saber sobre os bastidores, a preparação de cada personagem e a expectativa para a produção que será a estreia da maioria deles nas telonas.

O tradicional Colégio Teresiano, na Gávea, foi o escolhido para ser o principal cenário para o desenrolar das histórias - e onde o elenco tem passado a maior parte dos dias  devido à rotina intensa de gravações.  Ao chegar lá e se deparar com tantos adolescentes entre 15 e 18 anos se preparando para gravar, é como estar nos tempos de escola novamente - principalmente pelo clima descontraído que o elenco sustenta pelos corredores da Instituição durante os intervalos. De 7h às 18h, entre um take e outro, o cansaço é consequência natural; mas, ao parar para falar com qualquer um deles, fica claro que a alegria em fazer parte do projeto e a amizade que já desenvolveram entre si torna tudo mais leve e prazeroso. "Nossa rotina está bem intensa. Eu fico cansado, mas é fazendo algo que eu gosto, não é? Então vale muito, muito a pena. E também eu aproveito para dar umas cochiladinhas na sala de elenco com ar-condicionado, então tá tranquilo", brinca Matheus Lustosa, que vive Rafael Confusão, o antagonista da trama. Assim como Maisa, ele interpreta o primeiro vilão da sua carreira - com o gostinho a mais de também estar vivendo sua estreia nos cinemas. "Meu primeiro papel principal em um filme logo um vilão... Fiquei muito feliz quando eu soube, ainda mais por ser baseado em um livro da Thalita Rebouças", diz orgulhoso.

Outro que não esconde a felicidade em estar gravando seu primeiro filme é Marcus Bessa, que interpreta o protagonista Léo - um personagem que ele afirma ter sido fácil de criar por ter algumas características semelhantes com seu jeito na vida real, como o lado amigo e carinhoso. "Eu só não sei jogar bola como ele e nem sou tão bom assim no violão", brinca.  Apesar da rotina de gravações estar cada vez mais corrida, o ator também mostra que o fato de estar fazendo algo que realmente gosta paga qualquer cansaço. "Fazer cinema é maravilhoso! A rotina é cansativa, gravamos vários planos... Mas é uma experiência enorme que estou tendo na minha carreira. Vale muito a pena", afirma com um sorriso no rosto. JP Rufino, que vive Homero, um personagem que consegue transitar em quase todas as panelinhas do colégio, confirma a empolgação dos amigos ao dizer que já fica nostálgico só em pensar no final de tudo: "está sendo muito divertido estar com essa galera. A gente ri, se emociona e dá até uma tristeza em pensar que está acabando".

Foto: Mari Vianna

Duda Matte, que interpreta a protagonista Rosa, revela já estar apaixonada pelo filme inteiro. Mas, se tiver que escolher seus momentos preferidos, sabe bem quais apontar: "Não é porque eu faço, o filme todo está realmente muito lindo! Mas ok, tenho duas cenas favoritas: tem uma que é na casa da Rosa com a mãe, que é uma cena linda mesmo com a Fernanda Gentil. E a outra é Rosa e Léo discutindo na biblioteca. Eu amo essa cena!", afirma empolgada. Simpática e de jeito doce, a atriz também fala sobre como sua personagem irá gerar identificação com o público por representar uma adolescente comum, com momentos que toda garota já passou ou vai passar na vida: "o primeiro amor, a relação com a mãe, a escola nova, se sentir diferente... Acho que a Rosa é uma pessoa normal como todo mundo".

E vale dizer que não são só os atores adolescentes que assumiram esse projeto com a devida empolgação. Bianca Andrade - que estourou na internet com o canal Boca Rosa - também marca sua estreia nos cinemas dando vida à professora Fátima, a "profefofa" do livro de Thalita Rebouças. Por se tratar de uma personagem gente boa e amiga da galera, Bianca afirma ter acreditado que não precisaria mudar tanto sua personalidade para entrar em cena - mas, no fim das contas, acabou se vendo diante de um ótimo desafio. "Nos primeiros ensaios, a gente viu que eu já tinha um olhar muito doce, uma voz muito fina... Então, se eu fosse muito fofa, ia fazer a professora se igualar com os alunos. Minha personalidade precisava ser um pouquinho menos intensa e a voz ficar mais grave para mostrar essa postura de respeito", explica, com um tom realmente mais grosso que o já conhecido na internet depois de passar horas em gravação.

Segundo ela, que já fez dois anos de teatro, a experiência no Youtube foi uma aliada para que não ficasse inibida em frente às câmeras - mas um dos maiores desafios foi o de ter que perder a mania de olhar para as lentes, como faz em seu canal há sete anos. "Uma parte ruim do Youtube é que, lá, a gente trabalha sempre olhando para a câmera, e na atuação você não pode. A lente já puxa meu olhar, é como um ímã (risos). Então é algo que eu tenho que treinar", finaliza.




Filmes adolescentes, como 'A Barraca do Beijo' e 'Para Todos os Garotos que Já Amei',  estão entre as inspirações do elenco

Além do livro de Thalita Rebouças que originou o filme e das aulas de preparação de elenco, a protagonista Duda Matte e o antagonista Matheus Lustosa também contam que assistiram a muitos filmes e séries adolescentes para que ficasse ainda mais fácil compor seus respectivos personagens.

"Como a personagem era boazinha, eu comecei a ver muitos filmes adolescentes para saber como são os clichês e como a mocinha se comporta com o primeiro amor. O que mais me marcou, sem dúvidas, é o mais amado da atualidade: Para Todos os Garotos que Já Amei", afirma Duda, que mostra ser mesmo uma das fãs número 1 deste sucesso da Netflix. Já A Barraca do Beijo, outra produção teen da plataforma de streaming, serviu de inspiração para Matheus Lustosa montar a personalidade de Rafael Confusão - além de séries como 13 Reasons Why, que conta com o vilão Bryce, e Riverdale.

 

Ela Disse, Ele Disse é produzido por Paula Barreto, da LC Barreto/Filmes do Equador, e conta com coprodução da Globo Filmes. Já o lançamento e distribuição fica por conta da Imagem Filmes. Em breve, mais novidades aqui no CinePOP!

*Crédito da foto de abertura: Mari Vianna

 

Conheça abaixo parte do elenco principal:

Marcus Bessa - Léo (Protagonista)

 

Duda Matte - Rosa (protagonista)

 

Matheus Lustosa - Rafael Confusão (antagonista)

 

JP Rufino - Homero

 

Bianca Andrade - Professora Fátima


Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c