Ennio Morricone nega que chamou Tarantino de 'cretino' e ameaça processar revista

Ennio Morricone nega que chamou Tarantino de 'cretino' e ameaça processar revista


Em menos de 24 horas tivemos uma das reviravoltas mais absolutas do mundo do entretenimento.

Recentemente, publicamos uma notícia da Playboy Alemanha sobre uma entrevista com o compositor Ennio Morricone, alegando que ele xingou arduamente o diretor Quentin Tarantino - com quem trabalhou em 'Os Oito Odiados' e 'Django Livre', tendo até conquistado o primeiro Oscar de sua vida por conta da parceria.

Porém, hoje, o compositor veio através da Variety negar toda a história, e anunciou que irá processar a Playboy Alemanha. 

Isso é totalmente falso. Nunca dei uma entrevista para Playboy da Alemanha e jamais expressei nenhum comentário negativo sobre a Academia, Quentin ou seus filmes que, com certeza, não considero um lixo. Entrei em contato com meu advogado na Itália e vou entrar com uma ação civil e penal contra a Playboy."



O que pode ter acontecido é que o compositor talvez tenha afirmado as opiniões em off não permitindo publicá-las na entrevista oficial se é mesmo que há alguma entrevista para a Playboy Alemanha.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c