O cinema é repleto de filmes fantásticos, que costumam ter uma mensagem para passar, seja ela positiva, negativa, motivacional ou reflexiva. Há filmes que são capazes de inspirar ou amedrontar o público, ainda mais quando ele termina com a seguinte mensagem: “baseado em fatos reais”. Neste dia da mentira, o CinePOP selecionou filmes baseados em histórias reais tão fantásticas, que muita gente pode até pensar que são tramas fictícias.

Até O Último HomemEste drama da Segunda Guerra Mundial traz a história verídica dos desafios enfrentados pelo médico cristão, Desmond Doss (Andrew Garfield), quando se inscreveu para ajudar o exército aliado. Após sofrer diversas humilhações, inclusive chegando a ser espancado e a ser preso, Doss continuou se recusando a pegar em armas, atitude que era contra sua religião. Apoiado em sua fé, o médico consegue ir a campo e salva, sozinho, uma quantidade absurda de soldados.

ArgoO suspense premiadíssimo de Ben Affleck traz a história dos esforços da CIA, com a ajuda do Canadá, na retirada de um grupo de americanos de Teerã, no meio da Revolução Iraniana, que cortou os laços com o Ocidente, começando uma república islâmica que, por conflitos históricos, apontou os Estados Unidos como grande culpado de seus problemas. Ou seja, em meio a uma revolução que odiava os EUA, este grupo de americanos passou por uma operação ousadíssima para escapar com vida, inclusive fingindo serem grandes cineastas. É um suspense de tirar o fôlego.

A TravessiaImagine um estar andando por Nova Iorque, olha para o alto e ver que tem um equilibrista atravessando as Torres Gêmeas? Essa é a trama de A Tavessia, filme dirigido por Robert Zemeckis, que conta a história do insano Philippe Petit, um jovem equilibrista francês que viajava o mundo atravessando monumentos em seu cabo de aço e tinha como sonho máximo atravessar as torres do World Trade Center. A história é tão surreal que chega a ser difícil de acreditar, mas além de A Travessia, também existe o documentário Man On The Wire, que conta com riqueza de detalhes tudo sobre esta loucura.

Eu, TonyaUm verdadeiro soco no estômago. É isso que Eu, Tonya é. Baseado na história real da ex-patinadora olímpica, Tonya Harding (magistralmente interpretada por Margot Robbie), que teve uma infância e juventude marcada por abusos e isso influenciou diretamente em suas escolhas de vida e no fim trágico de sua carreira. O filme mescla humor politicamente incorreto para tentar aliviar a série de crueldade a qual Tonya se submeteu ao longo da vida, até que o fim de sua paixão vem por conta de uma série de atitudes idiotas tomadas por seu marido e o segurança. O nível de burrice e crueldade das pessoas que cercavam Tonya era tã grande que te faz realmente questionar se alguém pode ser tão burro ou tão mal assim. O longa foi controverso por conter cenas de agressão e abuso psicológico, mas é um filme genuinamente visceral.

Prenda-me Se For CapazEstrelado por Leonardo DiCaprio e Tom Hanks, o filme de Steven Spielberg conta de forma cômica a história do picareta Frank Abagnale Jr (DiCaprio), que se tornou milionário aos 19 anos mentindo para todo mundo. A trama gira em torno das origens do fraudador de cheques, que se passou por médico, advogado e PILOTO DE AVIÃO da companhia aérea Pan Am, enquanto ele é perseguido pelo agente Hanratty (Hanks) do FBI.

15 Séries da Netflix Para Maratonar

15 Séries da Globoplay Para Você Maratonar

15 Séries da Amazon Prime Para Maratonar neste mês

10 reality shows insanos pra você que amou The Circle e Casamento às Cegas

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE