Especial Halloween | 10 Estrelas que Começaram a Carreira em Filmes de TERROR!

Especial Halloween | 10 Estrelas que Começaram a Carreira em Filmes de TERROR!



Quem disse que o terror não abre portas? Além do gênero fazer a carreira de diversos diretores, produtores, roteiristas e atores, também serve como escada para grandes astros darem seus primeiros passos.

Aproveitando o gancho do mês que mais gostamos (como bons fãs de terror), o CinePOP resolveu criar uma nova lista para o Dia das Bruxas, com algumas das maiores estrelas de Hollywood que começaram suas carreiras em filmes de terror – alguns bons e outros de qualidade duvidosa (afinal, quem nunca?). Vem conhecer, não esqueça de comentar e também confira abaixo nossa primeira lista – com os 10 atores que começaram as carreiras no terror.

Especial Halloween | 10 Astros que Começaram a Carreira em Filmes de TERROR!

Jennifer Aniston

Na vibe da comemoração dos 25 anos do lançamento da cultuada série cômica Friends, começamos a lista com ninguém menos que Jennifer Aniston, a Rachel em pessoa. Antes de protagonizar o icônico seriado da Warner, no entanto, a atriz teve um desafio maior do que fazer rir: gritar! Seu primeiro filme no cinema foi nada menos que O Duende (1993), longa que apresenta um antagonista tão ameaçador quanto Chucky, o Brinquedo Assassino, ao menos em sua estatura. Aqui, um Duende sádico e demoníaco inicia um banho de sangue em busca de seu amado pote de ouro.

Amy Adams

Aproveite para assistir:


São nada menos do que seis indicações ao Oscar! Mas tamanho prestígio não impediu Amy Adams de começar a carreira num filme de terror de baixo orçamento. Uma curiosidade sobre a atriz é que pode ser dito que ela começou sua carreira tarde, em 1999,  quando já tinha 25 anos. E obviamente, demorou até se tornar uma protagonista reconhecida. Seu segunda longa foi o terror Horror na Praia Psicodélica (2000). A ideia aqui é até criativa, e brinca com um tipo de filme muito produzido na década de 1960, obras sobre festas na praia e surfe. O filme mistura este artifício com o gênero slasher, criando uma obra incomum do “terrir”.

Charlize Theron

Em cartaz como a voz de Morticia na nova animação A Família Addams, a vencedora do Oscar Charlize Theron é uma das atrizes mais quentes de Hollywood na atualidade. E ela pode voltar ao radar das premiações no ano que vem, já que lança em breve O Escândalo, drama que ela mesmo produziu e aborda um polêmico caso de abuso dentro de uma grande emissora norte-americana, com Nicole Kidman e Margot Robbie também no elenco. Voltando para 1995, em seu primeiro trabalho como atriz no cinema, Theron participou do trash Colheita Maldita 3: A Colheita Urbana. A boa notícia é que Charlize sequer possuía nome no filme, listada apenas como “Seguidora de Eli”, e não foi creditada pelo trabalho. Mas o que ela deve querer mesmo é o longa apagado de sua ficha.

Scarlett Johansson

Pronta para lançar dois filmes super elogiados que podem colocá-la na corrida por seu primeiro Oscar (História de um Casamento e Jojo Rabbit), a musa Scarlett Johansson teve um ano muito satisfatório em 2019. Fora do prestígio de produções de prêmios, ela marcou presença em Vingadores: Ultimato, filme que se tornou a maior bilheteria de todos os tempos, e se “despediu” de forma emocionante. E quando digo “despediu” é porque ano que vem ela lançará o primeiro filme solo da personagem Viúva Negra. Scarlett começou a carreira ainda bem miúda, e quando fazia a transição para se tornar uma bela mulher, na adolescência, participou do divertido Malditas Aranhas (2002), sobre, bem, aranhas gigantes atacando uma cidadezinha. Ela interpreta a filha da xerife, e sua cena se vingando do namorado é uma das melhores do filme.

Kristen Stewart

Musa teen devido ao sucesso da franquia Crepúsculo, Kristen Stewart deu a volta por cima, participando de projetos mais alternativos, mirados ao circuito cult. Trabalhou com cineastas europeus e ganhou até prêmios. Este ano ela volta ao cinemão pipoca entretenimento com As Panteras, reboot da franquia baseada no seriado 70s.  Fora isso, no início de 2020 a atriz estreia Ameaça Profunda, terror sobre uma equipe de pesquisadores numa base subaquática que após um terremoto se deparam com algo nas profundezas.

Stewart não é estranha ao gênero, e ainda na adolescência, aos 13 anos ,em seu terceiro trabalho creditado (no ano seguinte de O Quarto do Pânico), participou de Garganta do Diabo (2003), filme sobre uma família em uma casa que esconde segredos terríveis – ela interpreta a filha de Sharon Stone e Dennis Quaid. Mais velha, aos 17, agora protagonizando, ela estrelou Os Mensageiros (2007), igualmente sobre presenças malignas em uma grande casa para onde uma família se muda.

Julia Louis-Dreyfus

Imortalizada como a Elaine do seriado Seinfeld (1990-1998), Julia Louis-Dreyfus recuperou o sucesso nesta nova fase de sua carreira, conseguindo emplacar numa nova série como protagonista. Trata-se do sucesso Vice (2012-2019), uma das produções televisivas mais elogiadas e premiadas dos últimos anos. Na trama, ela vive uma senadora que vai escalando na vida política e tornar-se vice-presidente, e até mesmo presidente dos EUA ao longo das sete temporadas. Como nem tudo no cinema e TV é glamour, antes de estrelar Vice e até mesmo antes de Seinfeld, Louis-Dreyfus dava seus primeiros passos como atriz e para isso escolheu um longa para o cinema. E não apenas isso, um terror que viria a se tornar cult – em especial devido a sua sequência considerada um dos piores filmes já feitos. Dreyfus, no entanto, esteve presente no primeiro, Troll – O Mundo do Espanto (1986). Sua sequência foi lançada em 1990.

Angela Bassett

Uma das atrizes mais belas e representativas que já passaram por Hollywood, Angela Bassett tem uma história importante, abrindo portas para atrizes negras nos EUA. Sua carreira começou ainda na década de 1980, e em 1994, ela foi indicada ao Oscar por interpretar a icônica Tina Turner na biografia Tina – filme que lhe rendeu o Globo de Ouro no mesmo ano. Mas como muitos atores de Hollywood, a veterana Angela Bassett iniciou sua carreira em um filme de terror.

Em nossa lista dos astros que começaram a carreira em terror, falamos sobre Leonardo DiCaprio ainda na adolescência protagonizando Criaturas 3. Pois bem, Angela Bassett já havia feito inúmeras participações em séries de TV e filmes feitos para a TV, mas no cinema, seu quinto trabalho foi em Criaturas 4 (1992), a continuação do filme de DiCaprio que ninguém pediu. E não apenas isso, antes de Jason X, os produtores desta franquia decidiram levar as criaturas peludas e mortíferas para o espaço, dando uma de Alien, e Bassett estava lá como parte da equipe da nave.

Renée Zellweger

Esquecida dos holofotes por um bom tempo, e acusada de excesso de plásticas, Renée Zellweger foi aos poucos recobrando seu espaço até chegar novamente na boca da grande mídia. Depois de sumir do cinema e TV por seis anos, ela lançou O Bebê de Bridget Jones em 2016, e este ano voltou com tudo, protagonizando a série melodramática Dilema (que chamou bastante atenção), da Netflix, e está no radar de premiações com Judy, biografia da lendária Judy Garland. Mas antes de explodir e se tornar uma estrela com Jerry Maguire – A Grande Virada (1996), filme indicado ao Oscar, Zellweger esteve numa produção de horror que lhe deu muita dor de cabeça.

Na outra matéria eu havia comentado que o filme O Massacre da Serra Elétrica: O Retorno (1994), quarto filme da franquia, tentou capitalizar em cima do recém adquirido sucesso de Matthew McConaughey em Tempo de Matar (1996). Pois bem, o mesmo aconteceu com Zellweger, presente no mesmo filme, no papel da mocinha atormentada pelo vencedor do Oscar. Assim como o ator, os advogados da estrela impediram o relançamento do longa. Vale lembrar que Renée também é uma atriz vencedora do Oscar (por Cold Mountain, 2004).

Naomi Watts

Indicada duas vezes ao Oscar (21 Gramas e O Impossível), Naomi Watts já trabalhou com diretores como Peter Jackson, Woody Allen, Noah Baumbach, e deu vida inclusiva à Princesa Diana no cinema. Em breve, a estrela encabeçará o elenco de uma série derivada de Game of Thrones, ainda sem título oficial. Em seu início de carreira, no entanto, ela não escapou do terror em seu currículo. Assim como outra loira mega prestigiada, Charlize Theron, Watts foi batizada pela franquia trash Colheita Maldita, participando do episódio seguinte ao de Theron, a parte 4, subtitulada O Encontro (1996) – este lançado direto em vídeo. Mas ao contrário da colega (que sequer foi creditada no seu), Watts deu azar e foi a protagonista aqui. Uma curiosidade é que anos depois, justamente um filme de terror seria o responsável por transformá-la numa estrela, o remake americano de O Chamado (2002).

Rooney Mara

Atriz mais jovem da lista, e com o currículo menos extenso, o feito de Rooney Mara não deixa de ser impressionante, afinal quantas atrizes podem ser consideradas estrelas com uma filmografia de 34 créditos, iniciada em 2005. Bem, Mara pode, e já tem inclusive duas indicações ao Oscar (Os Homens que Não Amavam as Mulheres e Carol). No mesmo ano em que chamou atenção de David Fincher e terminou descolando um papel em A Rede Social (2010), Rooney Mara foi a protagonista Nancy do remake do clássico slasher A Hora do Pesadelo. O filme não emplacou como deveria, mas antes disso, Mara havia estreado numa participação em outra franquia conhecida do terror. Em Lenda Urbana 3: A Vingança de Mary (2005), protagonizado por sua irmã Kate Mara e lançado direto em vídeo, Rooney participou como uma figurante na sala de aula, ainda creditada com seu nome de batismo, Patricia Mara.



COMENTÁRIOS