Esquadrão 6‘ já está disponível na Netflix há alguns dias e a plataforma de streaming investiu muito em sua primeira parceria com Michael Bay, trazendo um elenco de peso e garantindo ao diretor um orçamento milionário para que ele executasse o filme mais Michael Bay de sua própria trajetória.

E com um orçamento de US$ 150 milhões, a produção é a segunda mais cara da história da Netflix, ficando atrás apenas de ‘O Irlandês, de Martin Scorsese, cujo montante gasto foi de US$ 175 milhões.

Ironicamente, os filmes mais caros da gigante do streaming formam dois contrastes interessantes. Enquanto ‘O Irlandês‘ foi aclamado pela crítica – com 96% de aprovação no Rotten Tomatoes, recebendo 32 indicações às principais premiações já anunciadas, como o SAG Awards, o Globo de Ouro e o Critics’ Choice Awards, ‘Esquadrão 6‘ parece ir pelo caminho inverso.

Amargando 34% de aprovação no RT, o filme de ação foi considerado sem sentido e exagerado em todas as suas proporções, com um roteiro confuso e mal construído.

Mas independente das disparidades, o novo filme estrelado por Ryan Reynolds traz algumas referências e curiosidades interessantes, que provavelmente passaram despercebidas pela audiência.

Em uma cena na Opera House em Paris, é possível ver que o protagonista aproveitou a ocasião para fazer um belo jabá da sua marca de bebida alcoólica, a Aviation Gin. Na tomada em questão, a garrafa é estrategicamente bem posicionada, como um anúncio publicitário bem notável.

Aproveite para assistir:

Esquadrão 6‘ também faz algumas referências reais interessantes. O símbolo fantasma posicionado na lateral de um avião, no início do filme, é a mesma logo do Exército Fantasma, operante durante a Segunda Guerra Mundial. A força tática era responsável por criar informações e dados falsos para confundir o exército alemão a respeito do posicionamento do exército norte-americano.

Indo mais além, o personagem de Corey Hawkins é inspirado em um atirador de elite real, chamado Nicholas ‘The Reaper’ Irving. O combatente lutou por diversas vezes no Afeganistão e foi um sniper de primeira linha.

Ainda no campo das referências, é notável que o roteiro de Rhett Reese e Paul Wernick tenta seguir por um viés semelhante à linguagem de ambos os filmes do ‘Deadpool‘, os quais eles roteirizaram. A exemplo disso, já no final do filme, o personagem 3 faz uma piada com ligação direta à franquia ‘11 Homens e Um Segredo‘, ao dizer: “Na próxima vez, poderíamos só derrubar um cassino?”.

E mesmo com um orçamento generoso para fazer seu filme, Michael Bay decidiu “emprestar” um de seus brinquedinhos para a produção. Ao invés de alugar uma aeronave de pequeno porte, o jatinho usado pelos fantasmas, o N4500X, é de fato do próprio diretor.

E por falar em aviões, o filme de ação trouxe mais uma referência que poucos devem ter percebido. O avião de acrobacias aéreas que aparece no começo da produção é um Edge 540, pilotado por Kirby Chambliss, cinco vezes vencedor do Campeonato Nacional dos Estados Unidos de Acrobacias.

O elenco ainda conta com Ben Hardy, Mélanie Laurent, Adria Arjona, Dave Franco e Payman Maadi.

Comentários