Por vezes, joias escondidas da indústria cinematográfica passam longe do nosso radar em virtude de inúmeros blockbusters – e esse foi o caso de Sete Minutos Depois da Meia-Noite, uma das preciosidades fílmicas da década passada.

O filme, que foi considerado um fracasso nos cinemas, agora é um dos mais assistidos do ano na HBO MAX.

A história é uma apaixonante e comovente história de superação e amor que gira em torno de Conor (Lewis McDougall), um jovem garoto que descobre que sua mãe (Felicity Jones) foi diagnosticada com câncer terminal e que é visitado por um gigantesco monstros antropomórfico (Liam Neeson) que lhe contará três histórias diferentes.

Assista ao trailer e siga o CinePOP no YouTube:


Aproveite para assistir:



Elogiado pela crítica especializada, o longa-metragem foi aplaudido pelo poderoso roteiro e pelas temáticas trazidas à telona, pela direção de J.A. Bayona (‘O Orfanato’) e pelos efeitos visuais – além de comentarem sobre as performances do elenco protagonista. Entretanto, a obra faturou apenas US$47 milhões nas bilheterias mundiais (contra US$43 milhões de orçamento).

Para celebrar o sucesso no HBO Max e dar um pouco mais de espaço para uma produção que merece ser apreciada, o CinePOP preparou uma breve lista com algumas curiosidades de bastidores.

Confira:


04674-joseharo.NEF

  • O romance original foi escrito inicialmente por Siobhan Dowd. Entretanto, Dowd acabou falecendo antes de terminá-lo, motivo pelo qual o autor Patrick Ness terminou a história e fez questão de dar créditos à ideia dela.
  • Tom Holland, que colaborou com Bayona no aclamado ‘O Impossível’, foi o substituto para o monstro durante as filmagens. Ele recebeu um agradecimento especial durante os créditos.

  • Ness, que também ficou responsável pelo roteiro, revelou em uma entrevista que uma das fotos da jovem Avó é, na verdade, uma foto promocional de Sigourney Weaver para ‘Os Caça-Fantasmas’, de 1984.
  • Este foi o sétimo projeto em que Neeson dublou um personagem em CGI. Os três primeiros foram como Aslan na franquia ‘As Crônicas de Nárnia’; a quarta foi como Fujimoto na versão em língua inglesa de ‘Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar’; a quinta foi como Phango em ‘Khumba’; e a sexta foi como Policial Bom/Policial Mal em ‘Uma Aventura Lego’.

  • Nesson, que vive o Monstro no longa-metragem, aparece como o avô de Conor em uma das fotos em que a mãe do protagonista, mais jovem, está no colo do dele.
  • A árvore de teixo, que aparece na narrativa do apotecário, é caracterizada como uma planta que pode curar quase qualquer doença do mundo. Na realidade, boa parte da árvore é tóxica aos humanos e outros mamíferos – mas a toxicidade de suas substâncias é utilizada em algumas drogas para quimioterapia.

  • Weaver interpreta uma personagem britânica no longa-metragem – e, ao contrário do que se poderia imaginar, fingir um sotaque inglês não foi nem um pouco difícil; afinal, a mãe da atriz era da Inglaterra.
  • O filme segue os acontecimentos do livro com precisão absurda, realizando poucas diferenças. Porém, cenas adicionais foram rodadas exclusivamente para a adaptação, incluindo uma ambientada logo depois do término do romance original.
Não deixe de assistir: