Recentemente, Frank Langella ganhou as manchetes internacionais por estar sob investigação pela Netflix por alegações de assédio sexual cometido durante as gravações de A Queda da Casa de Usher, de Mike Flanagan.

Agora, segundo o Deadline, o ator foi oficialmente demitido da produção em virtude dos acontecimentos.

Langella daria vida ao patriarca titular Roderick Usher no projeto. Em vista de sua demissão, o papel será reescalado em breve.

As informações do escândalo foram reportadas primeiramente pela TMZ. Segundo o site, o ator enfrenta acusações de “conduta inapropriada” no set de filmagens; as investigações sobre o incidente continuam.


“Uma fonte próxima à produção revelou que o ator de 84 anos alegadamente fez uma piada inapropriada de natureza sexual. Nossas fontes também dizem que, no contexto de sua performance, possivelmente durante os ensaios, ele tocou a perna de uma colega do elenco, atraindo mais atenção ao ato quando disse algo como: ‘você gostou disso?'”, aponta o consórcio de imprensa.

Aproveite para assistir:




Carla Gugino, Mark HamillCarl LumblyMary McDonnell estrelam a produção.

Henry Thomas, T’Nia Miller, Kyleigh Curran, Samantha Sloyan, Rahul Kohli, Sauriyan Sapkota, Zach Gilford, Michael Trucco, Paola Núñez, Katie Parker, Malcolm Goodwin, Crystal Balint, Aya Furukawa, Daniel Jun, Matt Biedel, Ruth Codd, Annabeth GishRobert LongstreetKate Siegel e Willa Fitzgerald completam o elenco.


A série é baseada em diversos trabalhos do lendário romancista estadunidense Edgar Allan Poe.

Em entrevista ao The Boo Crew Podcast, Flanagan revelou que a série será extremamente sangrenta.

“Muitas das minhas produções têm um ritmo lento, mas ‘A Queda da Casa de Usher’ será como uma explosão. Será uma série agressiva, exagerada, violenta, insana e diferente de tudo o que eu já fiz. Nós queremos litros de sangue escorrendo pela tela desde o começo. Esse é o novo objetivo. É a nossa chance de criar algo insano. Todo o catálogo do Edgar Allan Poe está em domínio público. Podemos escolher o que quisermos e criar nossa própria visão. Será uma jornada intensa depois de cinco anos muito emocionais. Será muito divertido.”

Ele completa, “Nós começaremos a filmar em janeiro. Eles irão anunciar o elenco em breve. O elenco é incrível.”

Apesar de detalhes sobre a narrativa não terem sido revelados, o conto titular foi publicado originalmente em 1893 e analisa temas como loucura, família, isolação e identidades metafísicas. A história acompanha um narrador sem nome que viaja para a Casa de Usher em um “dia sombrio, sem som e monótono”. A casa, pertencente a um amigo de infância chamado Roderick Usher, é misteriosa e arrepiante – e o narrador percebe que a casa absorveu um mal inenarrável e uma atmosfera doentia de tudo o que a cerca.


Flanagan também entra como produtor executivo ao lado de Trevor MacyEmmy GrinwisMichael Fimognari. Ele também dirige quatro episódios da série, enquanto Fimognari fica responsável pelos outros quatro.

O projeto é o sexto do acordo entre Flanagan e a Netflix, precedido por Missa da Meia-Noite, pelos elogiados A Maldição da Residência HillA Maldição da Mansão Bly, pelo thriller Jogo Perigoso e pelo vindouro The Midnight Club.

A Queda da Casa de Usher ainda não tem previsão de lançamento.

Não deixe de assistir: