Não é de hoje que muitos filmes sobre misteriosos assassinatos circulam pelas produções mundiais. Geralmente navegando entre o thriller e o suspense (sim, há diferença entre esses dois termos!), no primeiro com os acontecimentos acontecendo de maneira rápida e o segundo buscando linhas mais elaboradas de tensão, esses filmes nos prendem a atenção exatamente por conta da eterna curiosidade humana em saber as verdades de cada caso. Alguns inclusive adotam o recurso do Plot twist em sua narrativa gerando ainda mais surpresas (ou não) para o espectador.

Explorando esse universo onde buscamos junto com os personagens descobrir quem são as mentes malucas por trás de crimes terríveis, separamos abaixo uma lista com alguns bom filmes sobre caçadas à Serial killers:

 

O Silêncio dos Inocentes



Um do grandes clássicos do cinema e sem dúvidas um dos maiores filmes da década de 90, em O Silêncio dos Inocentes acompanhamos uma agente do FBI que precisa buscar informações com um psiquiatra psicopata, o Dr. Hannibal Lecter, a fim de conseguir capturar um outro assassino. Um dos grandes filmes da carreira de Foster.

Aproveite para assistir:

 

O Colecionador de Ossos



No final da década de 90, chegaria aos cinemas de todo o mundo um filme de suspense, repleto de reviravoltas e protagonizado por Denzel Washington e Angelina Jolie, O Colecionador de Ossos. Na trama, acompanhamos a saga de uma jovem policial e um especialista em criminologista forense que perseguem através de pistas enigmáticas um cruel Serial Killer.

 

Copycat – A Vida Imita a Morte

Dirigido por Jon Amiel e protagonizado por Sigourney Weaver e Holly Hunter, Copycat é um suspense de meados da década de 90 e nos mostra a história de uma psicóloga criminal que tem agorafobia por conta de muitos traumas de seu passado mas precisa ajudar a polícia a identificar um assassino em série cujos crimes imitam os de assassinos famosos do passado.

 



O Guardião Invisível

As dúvidas do nosso passado passam a limpo o nosso futuro. Baseado na obra homônima da escritora Dolores Redondo, O Guardião Invisível, disponível no ótimo catálogo da Netflix, é um drama com envolventes momentos de suspense mesmo tendo um roteiro que falha em alguns arcos. Trabalha a psicologia dos personagens de maneira instigante e conta com atuações inspiradas, principalmente de sua protagonista, a inspetora Amaia Salazar, vivida pela ótima atriz espanhola Marta Etura (dos excelentes Cela 211 e Enquanto Você Dorme). A fotografia, grande destaque do filme, é impecável, uma estrutura de planos dinâmica e muito eficiente.

 

Que Dios nos Perdone


A razão e a inconsequência. A inconsequência e a razão. Indicado em categorias importante no prêmio Goya, Que Dios nos Perdone é instigante, investigativo e que detalha as feridas emocionais dos personagens captadas pelas lentes inteligentes de Rodrigo Sorogoyen, diretor do longa. Ao longo de um pouco mais de duas horas de projeção, somos envolvidos em um thriller alucinante com grandes atuações onde cada peça do quebra cabeça vai aparecendo aos poucos em meio aos conflitos morais e psicológicos dos investigadores de casos de assassinatos interligados.

 

Presságios de um Crime

_C6A9586.CR2

Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente. Em seu primeiro trabalho em Hollywood, o cineasta brasileiro Afonso Poyart (Dois Coelhos) se exercita no gênero do suspense/drama sem perder suas características estéticas de direção no peculiar Presságios de um Crime. Protagonizado pelo mestre Anthony Hopkins, Jeffrey Dean Morgan, Abbie Cornish e Colin Farrell, o longa-metragem, que custou perto dos 30 Milhões de dólares, fala do inconsciente, quase um exercício nolaniano. A exploração desse tema com certeza deixa o filme mais interessante, principalmente quando percebemos estar em um duelo de Médiuns Videntes.

 

Origens Secretas

Quando o herói pode estar nos lugares inimagináveis da nossa percepção. Lançado na Netflix no final de agosto de 2020, Origens Secretas, filme espanhol, escrito por David Galán Galindo e Fernando Navarro (com direção do primeiro), é um suspense repleto de referências nerds que devem agradar um público que cada vez mais busca na nostalgia o experimento de bons momentos assistindo a um filme. Os contrapontos dos personagens preenchem as poucas falhas de roteiro que passa longe de ser profundo ou pelo menos se camufla no carisma dos protagonistas. Um filme engraçado com analogias a super heróis conhecidos e situações inusitadas (às vezes até exageradas) mas que completam com muita força os arcos dos roteiro.

 

Seven – Os Sete Crimes Capitais

Em 1995, David Fincher começaria a marcar seu nome na história do cinema com a história de dois detetives que investigam um assassino psicopata que deixa pistas através dos pecados capitais. Com um elenco sensacional (Brad Pitt, Morgan Freeman, Kevin Spacey, entre outros), Seven foi um grande sucesso de público e crítica elevando o diretor de patamar.

 

Zodíaco

O sexto longa-metragem da carreira de David Fincher é baseado em uma investigação real sobre um serial killer que agiu nos EUA durante o final da década de 1960. Fincher dirigiu nesse filme bons nomes do cinema americano, como: Robert Downey Jr., Jake Gyllenhaal e Mark Ruffalo. É um dos filmes mais elogiados da filmografia de Fincher, pelos cinéfilos.

Não deixe de assistir: