Guillermo del Toro revela porque não dirigiu 'Círculo de Fogo 2'

Guillermo del Toro revela porque não dirigiu 'Círculo de Fogo 2'


'Círculo de Fogo' conquistou um público sólido quando lançado nos cinemas em 2013 e as expectativa era que Guillermo del Toro naturalmente assumisse a sequência.

No entanto, a responsabilidade foi passada para Steven DeKnight e em uma entrevista recente com a KCRW, o diretor de 'A Forma da Água' explicou o que de fato aconteceu.

Segundo ele:

"Eu preparei a minha versão de 'Círculo de Fogo 2', desenvolvendo o roteiro, storyboard, além do design das criaturas, robôs e etc. Mas então houve uma suspensão de seis meses e eu acabei deixando a produção e fui ajudar a escolher o novo diretor, que foi Steven DeKnight. Basicamente foi isso o que aconteceu".



O diretor Guillermo del Toro retorna apenas como produtor, e a direção fica por conta de Steven S. DeKnight. Em seu currículo, existe apenas a produção da primeira temporada de 'Demolidor' para a Netflix e a direção de episódios das séries 'Angel' e 'Smallville', mas nenhum longa-metragem.

'Círculo de Fogo 2': John Boyega aparece de Jaeger azul em novas fotos do set

Charlie Hunnam, que interpretou Raleigh Beckett no primeiro filme, desistiu da sequência por "conflitos de agenda".

O elenco conta com Jing Tian ('A Grande Muralha'),  John Boyega ('Star Wars: O Despertar da Força') e Scott Eastwood ('Esquadrão Suicida').

Atriz de ‘Game of Thrones’ no elenco de ‘Círculo de Fogo 2’

Guillermo Del Toro quer trilogia para ‘Círculo de Fogo’

O longa original foi sucesso absoluto nas bilheterias da China, e tendo em vista que eles são fascinados por robôs gigantes (vide 'Transformers'), o projeto poderá funcionar e muito por lá.

Círculo de Fogo teve bilheteria mundial de US$ 411 milhões, e mais de 1/4 dessa quantia veio da China, onde o filme faturou mais do que nos EUA. O orçamento foi de caros US$ 190 milhões.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c