‘Homem-Aranha’: Presidente da Sony disse que parceria com a Marvel era o melhor para a franquia

‘Homem-Aranha’: Presidente da Sony disse que parceria com a Marvel era o melhor para a franquia



De acordo com o Comic Book, o presidente da Sony Pictures, Tom Hoffman, revelou em 2016 que o estúdio acreditou que a equipe Marvel faria o melhor com o Homem-Aranha porque sabia o que estava fazendo.

“A Sony tem a autoridade máxima. Mas nós dividimos a liderança criativa [do Homem-Aranha] com a Marvel Studios, porque eles sabem o que estão fazendo.”, explicou Rothman ao The Hollywood Reporter.

Rothman foi claro ao dizer que a parceria foi um investimento no futuro, mesmo que tenha sido caro para a Sony desde o início.

“Às vezes, você ganha dinheiro investindo em coisas que são lucrativas. Um filme como o Homem-Aranha da Marvel não é barato, mas é um ótimo investimento. Sabendo que a Marvel tem uma visão clara e criativa, durmo muito bem à noite.”

O investimento funcionou, obviamente, e parece que a união estava indo muito bem até que os executivos da Sony discordaram em dividir em 50% os lucros dos filmes do Aranha com a Marvel Studios.

Com o término da parceria com a Marvel, a Sony estará proibida de utilizar ou mencionar qualquer personagem do MCU, incluindo Tony Stark, nos próximos filmes do aracnídeo.

Lembrando que Tom Holland demonstrou seu descontentamento com a decisão ao deixar de seguir a Sony Pictures no Instagram, mas continua seguindo as contas da Marvel e da Disney.

Além disso, o ator respondeu com ironia um post sobre qual título o terceiro filme da franquia ‘Homem-Aranha‘ deveria receber:

“Homem-Aranha: Sem Lar”, postou.

Confira:

O conflito se deu após a Marvel pedir 50% do lucro dos filmes do aracnídeo e controle de outros personagens, como o Venom e a Gata Negra. Antes, o estúdio recebia apenas 5% de comissão das bilheterias.

A Sony publicou uma carta afirmando estar “desapontada” pelo fato de Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, não estar mais envolvido na produção do próximo capítulo do ‘Homem-Aranha’.

Confira:

“Muitas das notícias de hoje sobre o Homem-Aranha descaracterizaram as recentes discussões sobre o envolvimento de Kevin Feige na franquia. Nós estamos desapontados, mas respeitamos a decisão da Disney de não querer que ele continue como o produtor líder do nosso próximo live-action do Homem-Aranha. Nós esperamos que isso mude no futuro, mas entendemos que muitas das responsabilidades que a Disney o deu – incluindo todas as novas propriedades adquiridas pela Marvel – não permitem que ele tenha tempo o bastante para trabalhar em um projeto que o estúdio não detém os direitos. Kevin é incrível e somos gratos por sua ajuda e orientação e apreciamos o caminho que ele nos ajudou a traçar, no qual continuaremos”.

De qualquer forma, resta torcer para que a Sony dê continuidade as aventuras do Cabeça de Teia agora que o personagem finalmente se encontrou nas telonas.

Assista nossa crítica sobre ‘Homem-Aranha: Longe de Casa‘.

COMENTÁRIOS