O aclamado álbum Jagged Little Pill, de Alanis Morrissette, completa 25 anos de lançamento, se consolidando como um dos discos mais fundamentais da história recente da música, além de ter sido fundamental para abrir novas portas para artistas femininas do cenário do rock.

E para celebrar este marco, a trajetória meteórica de sucesso do álbum foi relatada em detalhes em um novo documentário, intitulado ‘Jagged’. Produzido pela HBO, a produção explana sobre a carreira da artista em seu início, trazendo também alguns aspectos de sua vida pessoal.

No entanto, a cantora não parece ter ficado satisfeita com a produção e fez duras críticas por meio de um comunicado oficial, enviado à revista EW. Se recusando a apoiar o longa, a artista demonstrou sua indignação, afirmando que alguns fatos relatados na produção não são verdadeiros.

“Fui iludida por uma falsa sensação de segurança e sua agenda lasciva tornou-se evidente assim que vi o primeiro corte do filme. Foi quando eu soube que nossas visões estavam de fato dolorosamente divergentes. Esta não foi a história que concordei em contar. Estou aqui sentada agora experimentando todo o impacto de ter confiado em alguém que não merecia ser confiável. Decidi não comparecer a nenhum evento em torno deste filme por dois motivos: Um é que estou em turnê agora. O outro é que, não ao contrário de muitas ‘histórias’ e biografias não autorizadas por aí ao longo dos anos, este inclui implicações e fatos que simplesmente não são verdadeiros”.



Jagged’ será lançado ainda em 2021, em data a ser anunciada. O documentário foi dirigido por Alison Klayman.

A produção faz parte do Music Box, uma série de documentários da HBO focados em personalidades do ramo da música, que incluirá figuras como DMX, Kenny G, Juice WRLD e mais.

Aproveite para assistir:

 

Comentários

Não deixe de assistir: