Para os aficionados por terror slasher que cresceram nos anos 1990, Lenda Urbana – um dos “filhotes” de Pânico (1996) – marcou época. O citado filme de Wes Craven foi responsável por revitalizar o subgênero do terror adolescente, acrescentando muita metalinguagem e humor. Assim, logo viu seus “imitadores”, que por trás tinham um estúdio e produtores visando uma fatia deste lucro.

Não demorou para que a Columbia/Sony lançasse nos cinemas, em 1998, seu próprio exemplar. Curiosamente, Lenda Urbana foi um dos únicos longas dentro do gênero que não fez uso de um roteiro de Kevin Williamson, grande nome envolvido na história de quase todos no fim dos 90’s. Ele foi escrito por Silvio Horta (da série Ugly Betty) e dirigido por Jamie Blanks (O Dia do Terror). Com um orçamento de US$14 milhões, Lenda Urbana arrecadou US$38 milhões apenas nos EUA, e cinco vezes mais mundialmente, com US$72,5 milhões pelo mundo.

Recentemente, foi anunciado um reboot do filme a ser lançado pela própria Sony, e a Netflix promete a estreia do terror muito em breve em sua plataforma, no dia 1º de Agosto. Ou seja, voltando ao tópico das notícias, esse é o momento ideal para falarmos um pouco deste slasher tão querido pelos fãs na coluna “por anda o elenco”. Lembrando que Lenda Urbana teve duas continuações: Lenda Urbana 2, lançada dois anos depois, e Lenda Urbana 3: A Vingança de Mary (2005), lançamento direto em vídeo. Assim, vamos recapitular o paradeiro deste então jovem elenco promissor.


Jared Leto (Paul Gardener)

Muitos podem não lembrar, mas o galã Jared Leto é o protagonista masculino do slasher, então em seus 26 anos. Leto vive o ambicioso e egocêntrico Paul, aspirante a jornalista que só pensa na matéria que os assassinatos podem render, e termina se tornando o principal suspeito. A brincadeira é que o personagem não se afasta muito da personalidade real do ator. Leto seguiu para trabalhos maiores e impactantes como Clube da Luta (1999) e Réquiem para um Sonho (2000). Depois de um hiato longe das telas, dando ênfase a sua carreira como músico, ele retornaria para ganhar um Oscar com Clube de Compras Dallas (2013). Em seguida, escorregou como um Coringa, digamos, insatisfatório, em Esquadrão Suicida (2016), mas recuperou a forma em Blade Runner 2049 (2017). Ano que vem ele retorno ao universo das HQs no filme Morbius, projeto solo de um vilão do Homem-Aranha. Em sua ficha ainda são prometidos dois filmes na pele do palhaço do crime, se irão vingar…

Aproveite para assistir:

Alicia Witt (Natalie Simon)

Jared Leto pode ser o nome mais famoso do elenco, mas Alicia Witt é a mocinha desta história, a protagonista heroína por quem iremos torcer durante a projeção. Curiosamente, o papel foi oferecido para Reese Witherspoon, Jennifer Love Hewitt e Melissa Joan Hart antes, que recusaram a personagem, assim terminando nas mãos de Witt. A atriz começou sua carreira ainda criança no filme Duna (1984) e na série Twin Peaks (1990), ambos do diretor David Lynch. Na época do filme, Witt estava no elenco da série de comédia Cybill (1995-1998). Ela viria a seguir carreira na TV, onde ficou mais conhecida em séries renomadas vide Friday Night Lights, Justified, Nashville, O Exorcista e Orange is the New Black – sua última participação marcante nas telas, ocorrida no ano passado.

Rebecca Gayheart (Brenda Bates)

A bela morena interpreta a melhor amiga da protagonista. Afinal, neste tipo de filme toda heroína precisa de sua sidekick, geralmente uma jovem espevitada, cheia de tiradas ácidas e irônicas. Sua personagem guarda alguns spoilers em relação à trama do filme, portanto o quanto menos falarmos melhor. Antes de Lenda Urbana, Gayheart havia marcado presença em outro slasher famoso da época, Pânico 2, sequência do sucesso de 1996 lançada no ano seguinte. No entanto, a atriz tem um papel bem pequeno neste filme, e aqui ganha bem mais destaque como a terceira mais importante no elenco. Curiosamente, ela está confirmada para reprisar seu papel como Brenda no reboot, e apareceu no estilo piscou perdeu na obra-prima de Quentin Tarantino, Era uma Vez em Hollywood (2019).


Michael Rosenbaum (Parker Riley)

Apesar de ser querido pelos fãs do gênero, os críticos não pegaram leve com Lenda Urbana na época de seu lançamento, e o principal motivo do desdém veio com a acusação de ser apenas uma cópia de Pânico. Bem, isto ele é mesmo. E tem até sua própria cena do telefone, na qual a vítima fala com o psicopata, com direito até a um modulador de voz – e quem protagoniza a cena é justamente o personagem de Rosenbaum, o farrista Parker. O ator viveu Lex Luthor na série Smallville por dez anos e, pasmem, teve papel em Guardiões da Galáxia Vol 2 (2017), como Martinex, personagem de pele de cristal, parte da trupe de Stallone. Será que eles ganharão um derivado?

Loretta Devine (Reese Wilson)

Personagem inspirado em Dewey (David Arquette) de Pânico, Loretta Devine vive Reese, a segurança do campus onde a trama se desenrola, que sonha em ser policial. Sua influência de empoderamento racial é mostrada enquanto assiste na TV o blaxploitation Foxy Brown (1974), com Pam Grier. Mas a representatividade poderia ser maior, já que Reese, no primeiro tratamento do roteiro seria lésbica. Reese retorna na continuação de 2000, e também foi confirmada no reboot – que ao que parece será mais uma continuação. Devine é vencedora do Emmy, e atualmente faz parte do elenco da comédia da Netflix, Reunião de Família.


Joshua Jackson (Damon Brooks)

A carreira do jovem Joshua Jackson estava em ascensão na época, já que ele havia acabado de estrear na série de sucesso Dawson’s Creek no mesmo ano do lançamento de Lenda Urbana. E na melhor piada do filme, desliga o rádio de seu carro rapidamente ao perceber a música “I Don’t Want to Wait”, de Paula Cole, que embalava a abertura do programa citado. Jackson foi escalado para o papel do brincalhão Damon, e com o salário comprou uma casa para sua mãe. O ator nunca emplacou muito no cinema, mas fez bastante sucesso na TV, em séries como Fringe e The Affair. Recentemente, fez parte do elenco da elogiadíssima Pequenos Incêndios por Toda Parte (2020), no papel do marido de Reese Witherspoon.

Tara Reid (Sasha Thomas)

Antes de seus problemas com o vício em drogas e bebida, Tara Reid era considerada uma jovem atriz promissora em Hollywood. Na mesma época em que estrelou este terror, lançava em menos de um ano a comédia sensação American Pie (1999), na qual retornou em duas das três sequências (2001 e 2012). Reid esteve em O Grande Lebowski (1998), dos irmãos Coen, e fez filmes com Ryan Reynolds (O Dono da Festa) e Ashton Kutcher (A Filha do Chefe). Porém, por pouco não ficou de fora deste slasher, já que a atriz contratada originalmente para o papel da DJ Sasha havia sido Sarah Michelle Gellar, que precisou desfalcar devido a conflitos de agenda com o seriado Buffy. Infelizmente, os problemas em sua vida pessoal relegaram Tara Reid a uma carreira nos filmes B, onde se destaca sua participação nas seis produções da franquia Sharknado (de 2013 a 2018).


Robert Englund (Professor William Wexler)

Esse dispensa apresentações. Se você se diz fã de terror e não conhece Robert Englund, precisa reavaliar seus conceitos. Tudo porque o ator ficou imortalizado como o vilão Freddy Krueger em oito filmes da franquia A Hora do Pesadelo. E essa é uma das graças de Lenda Urbana, trazer em seu elenco grandes referências do gênero terror dando prestígio ao longa. E para Englund, um verdadeiro mestre no tema, nada mais justo que oferecer o papel de um professor. Para a surpresa dos fãs, Englund voltou ao papel de Freddy 15 anos depois de Freddy Versus Jason (2003) em uma participação no seriado Os Goldbergs em 2018. O ator ainda fala em retornar à franquia A Hora do Pesadelo.

Danielle Harris (Tosh)


Seguindo pelas referências de atores icônicos do gênero, tivemos a escalação da jovem Danielle Harris. Tudo bem que ela não é tão simbólica para o terror quanto outros do elenco, mas mesmo assim viveu a pequena protagonista Jamie de Halloween 4: O Retorno de Michael Myers (1988) e Halloween 5: A Vingança de Michael Myers (1989), após a saída da estrela Jamie Lee Curtis. Harris voltaria à franquia nos remakes de Rob Zombie (2007 e 2009), interpretando outro papel. De início, Harris fez teste para interpretar Natalie, mas terminou ficando com a personagem Tosh, a mal humorada e gótica colega de quarto da protagonista. Harris foi outro membro do elenco de Lenda Urbana que fez participação em Era uma Vez em Hollywood, de Quentin Tarantino, no ano passado.

Natasha Gregson Wagner (Michelle Mancini)

Todo filme de terror da época precisava abrir com uma morte, e se fosse de uma atriz relativamente conhecida, melhor – seguindo os moldes de Pânico. Aqui, a escolhida para a eletrizante cena prólogo foi Natasha Gregson Wagner, que no ano anterior havia estrelado o romance a três com Robert Downey Jr. e Heather Graham, Uma Paixão para Duas (1997), da Fox. Fora isso, Wagner é filha da lendária estrela de Hollywood, Natalie Wood. Michelle, a personagem da atriz, está diretamente ligada com a trama e a motivação do assassino, embora sua participação seja apenas na cena de abertura. Esse é também o melhor trecho do filme no quesito suspense. Wagner está desde 2017 afastada das telas, sendo sua última participação na série Date my Dad.

Brad Dourif (Atendente do Posto)

Outro ícone do terror, Brad Dourif é a voz do boneco Chucky na franquia Brinquedo Assassino e sua forma humana no filme original de 1988. Aqui, ele divide a cena de abertura com Natasha Gregson Wagner, tendo inclusive uma participação não creditada como Michael, o atendente do posto de gasolina. O personagem gago desperta o pavor de Michelle, que acredita que ele seja um psicopata. O verdadeiro assassino, no entanto, estava à espreita da moça, e o pobre funcionário queria apenas avisá-la da presença do intruso. Dourif foi cogitado para o papel de Coringa em Batman (1989) e nas sequências quase viveu o Espantalho nos planos de Tim Burton. Anunciado para 2021, Dourif está confirmado para a série Chucky, reprisando a voz do boneco assassino mais infame do cinema, que irá ao ar em duas emissoras: SyFy e USA, com a tagline anunciando um “mal grande depois para passar apenas em um canal”.


Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE