sexta-feira, fevereiro 23, 2024

‘Loki’ | Relembre ‘Ciência/ Ficção’, penúltimo episódio da 2ª temporada

[ANTES DE COMEÇAR A MATÉRIA, FIQUE CIENTE QUE ELA ESTÁ RECHEADA DE SPOILERS]

Se você ainda não assistiu o quinto episódio da segunda temporada de Loki, evite esta matéria, pois ela contém spoilers

O episódio começa com Loki acordando do que seria a “morte certa” da colisão das linhas do tempo. Ele está na sede da AVT, mas o lugar está vazio. Ele percorre os corredores até ver ele mesmo em uma sala. Confuso, ele tem novamente os Deslizes Temporais e retorna para alguns minutos antes dele entrar na sala. Por lá, ele pega um manual da AVT e põe no bolso. Neste momento, um Loki entra na sala. É aí que ele percebe que o Loki que ele havia visto anteriormente era ele mesmo. A realidade começa a se desfazer, com tudo se desintegrando ao seu redor. O Deus da Trapaça tem outro Deslize Temporal e vai parar na Califórnia de 1962.

Por lá, vemos um grupo de prisioneiros escapar de uma prisão. Loki aparece e vê que é Casey, só que o rapaz não o reconhece e segue com a fuga. É aí que o episódio revela: eles foram mandados para suas vidas reais em suas ramificações. E na vida pré-AVT, Casey foi Frank Morris, um dos três fugitivos da lendária prisão de Alcatraz.

Leia também: ‘Loki’ | Conheça a história real por trás do quinto episódio da 2ª temporada

Como o rapaz não reconhece Loki, ele tem outro deslize e vai parar na Nova York de 2012, onde descobre que a B-15 era uma médica muito cuidadosa e simpática. Ela vê Loki, que tem outro deslize e vai para Ohio, em 2022, onde para em uma loja de motos aquáticas. Ele vê Mobius, que é um vendedor dessas máquinas e acha que Loki é apenas um cliente querendo comprar um jet-ski. Eles conversam e o Deus da Trapaça tem outro deslize temporal.

Então, Loki vai parar na Pasadena de 1994. Lá, vemos que Ouroboros é um físico promissor que decidiu largar a carreira na ciência para escrever livros de ficção científica. Então, quando Loki aparece para ele, OB acredita em tudo que é dito. Loki tenta explicar seus Deslizes Temporais, mas OB diz que a resposta talvez não esteja na ciência, mas sim na ficção. É que Loki precisa entender como controlar esses deslizes, já que ele aparentemente está se movendo através do Tempo e do Espaço, inconscientemente indo atrás das pessoas que ele procura. Ou seja, se Loki aprender a controlar isso, ele poderá viajar para onde quiser.

Não deixe de assistir:

No galpão de OB, Loki começa a treinar seu deslizes, mas não consegue. Ele põe como meta salvar a AVT, mas não sai do lugar. Loki tenta buscar uma explicação científica, mas OB diz que ele deve “juntar” seus amigos em um só lugar, usando a aura temporal coletiva deles como coordenadas. Então, Loki entrega o manual da AVT para o cientista e sofre outro deslize temporal.

Loki vai parar na casa de Mobius, ou melhor: Don. Ele descobre que o amigo era um pai de dois meninos, cuja mãe faleceu. Loki vai até Don e o pai e pergunta se ele ainda quer comprar a moto aquática. Ele o leva até a garagem, onde tenta vender um dos Jet-skis. Loki corta o assunto e tenta convencê-lo de que são amigos há muito tempo e que precisa de sua ajuda para salvar o Multiverso. Quando Don ia bater em Loki, OB aparece em uma janela temporal com o Temp-Pad que construiu com o manual da AVT. Loki promete a Don que se for com ele, será trazido de volta para o exato momento em que foi tirado de sua realidade, garantindo a segurança dos filhos.

Então, o trio usa o Temp-Pad de OB para ir atrás de B-15 e de Casey. Com quase todos reunidos na sala de OB, Loki diz que falta uma pessoa. Ele viaja até a ramificação da Sylvie, onde tenta convencê-la a ir com ele. Só que Sylvie, diferentemente dos outros, se lembra de Loki e de tudo que aconteceu. Ela leva o Deus da Trapaça para um bar, onde ele conta tudo que aconteceu com os amigos. Ela diz que esse era o destino deles, suas vidas de verdade. Loki argumenta que eles devem ter o livre-arbítrio para escolher suas vidas de verdade ou a da AVT.

Sylvie diz que é egoísta por querer viver sua própria vida, e que Loki também é. O Deus da Trapaça começa a refletir sobre o real motivo de estar nessa jornada e percebe que não é pra salvar a AVT, mas para recuperar os únicos amigos que já teve e deixar de ser uma pessoa sozinha. Ele diz que não tem para onde ir e Sylvie diz para ele procurar um lugar para construir sua própria história. Com isso, Loki volta para o galpão de OB, completamente desiludido. Já Sylvie vai para uma loja de discos, onde diz que teve um dia difícil e começa a ouvir um vinil. Enquanto ela escuta, sua ramificação começa a se destruir.

Com Loki desiludido e prestes e levar seus amigos de volta para suas ramificações, Sylvie aparece desesperada dizendo que errou e que as realidades realmente estavam sendo destruídas. Ela diz que a AVT é fundamental para reverter isso. Loki diz que, juntos, eles podem voltar no tempo e consertar o colapso do Tear. Só que a realidade em que eles estão começa a desmoronar. Um por um, os personagens na sala vão se desintegrando. Quando vê que a Sylvie está se desfazendo, Loki revive todos os seus traumas e fracassos e enfim volta no tempo por vontade própria. Ele aprendeu a dominar os Deslizes Temporais, podendo reescrever a história. Ele deixou de ser o Deus da Trapaça e virou o Deus das Histórias. Então, ele retorna para o momento em que Victor Timely estava levando a máquina o Tear Temporal, momentos antes dele ser desintegrado.

Mais notícias...

Pedro Sobreirohttp://cinepop.com.br/
Jornalista apaixonado por entretenimento, com passagens por sites, revistas e emissoras como repórter, crítico e produtor.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS