Diferente da maioria das produções do MCU, a série ‘Loki não será baseada em nenhum quadrinhos específico da Marvel Comics.

Apesar do trailer ter mostrado o Deus da Trapaça com o visual da HQ ‘Vote Loki‘, a diretora Kate Herron deixou claro que haverá algumas referências, mas nada baseado diretamente das narrativas dos quadrinhos.

A informação foi revelada pela cineasta durante uma entrevista para o The Hollywood Reporter.

Questionada sobre como surgiu a ideia de mostrar o vilão numa jornada pelo tempo, Herron disse:



Kevin [Feige, diretor criativo da Marvel] nos disse para irmos onde quiséssemos sem nos prendermos ao material original. Ele queria que contássemos a melhor história que pudéssemos criar sem medo de ficarmos presos aos eventos mostrados nos quadrinhos do Loki, então não nos baseamos em nenhuma história específica.”

Ela continuou:

“Os fãs mais atentos vão notar bastante referências, mas são apenas isso. Essa série conta uma história exclusiva pensada para a TV.”

Lembrando que ‘Loki‘ estreia na Disney+ em 09 de junho, mas primeiras reações à série já viralizaram nas redes sociais.

Aproveite para assistir:





Como era de se esperar, os críticos internacionais rasgaram elogios à produção, aplaudindo a originalidade da obra e à química de Tom HiddlestonOwen Wilson nas telinhas.

Confira alguns dos comentários abaixo:

“‘Loki é incrível. A Marvel continua a mudar as coisas, isso é igual a nada que tenha feito antes”.

Loki tem, de longe, o melhor primeiro episódio das séries da Marvel até agora. Tom Hiddleston é apenas muito bom em seu papel, capturando a essência de Loki de 2012 instantaneamente. Ele está brilhante”.

“Vou apenas dizer isso: é, de longe, a mais forte abertura de um show do Disney+ até agora”.

“Assisti aos dois primeiros episódios de Loki e estou amando por enquanto. É um show de mistério com viagem no tempo que cultiva terreno para o multiverso do MCU, além de falar sobre identidade e confronto das verdades horríveis sobre nossos mesmos. O ‘bromance’ entre Tom Hiddleston e Owen Wilson é o meu favorito”.

Loki é uma aventura total. Tom Hiddleston está de volta como o Deus da Trapaça e entrega sua melhor performance até agora. A conectividade do show é evidente e os fãs irão apreciar cada detalhe”.



“Ambientada logo após Loki roubar o Tesseract (de novo), ele é levado em custódia perante a Autoridade de Variação Temporal, uma organização burocrática que existe fora dos imites do espaço-tempo. Forçado a responder por seus crimes contra a sagrada linha do tempo, Loki precisa fazer uma escolha: ser apagado da realidade ou ajudar na captura de uma ameaça ainda maior.”

Apesar dos poucos detalhes, tudo indica que esta nova ameaça seja Kang, o Conquistador (Jonathan Majors).

Para quem não conhece, Kang é um dos personagens mais complexos da Marvel por conta de suas inúmeras identidades ao longo dos anos em que ele enfrentou os heróis da editora.

Descrito como descendente de Reed Richards, Nathaniel Richards nasceu no século 30 e teve acesso a uma máquina do tempo, que lhe permitiu percorrer diferentes eras da humanidade assumindo diferentes identidades na tentativa de se tornar um governante supremo.

Por conta de suas atividades, o Quarteto Fantástico percebeu sua interferência no espaço-tempo e eles se tornaram grandes inimigos a partir daí, o que levou a uma série de eventos catastróficos na história.


Ainda não se sabe como o personagem será revelado no MCU, então sua origem pode ser alterada e outros elementos podem ser adicionados em relação ao seu verdadeiro eu.

O elenco conta com Tom Hiddleston, Owen WilsonGugu Mbatha-RawSophia Di MartinoWunmi Mosaku e Richard E. Grant.

A trama dirigida por Kate Herron irá acompanhar as aventuras do Loki em 2012.

Ele ainda estará procurando vingança por seu relacionamento com o pai, que priorizava o irmão Thor, e irá modificar todos os eventos que vimos nos filmes, causando um grande estrago em sua jornada e criando uma linha temporal sombria e obscura.

Hiddleston revelou seu entusiasmo em viver novas aventuras como o amado anti-herói e explorar suas várias faces na série.

“É uma constante fonte de surpresa e prazer que esses filmes estejam conectados com as pessoas. Eu sabia que ele [Loki] era uma figura complexa. Inteligente e espirituoso, mas vulnerável, irritado, perdido e quebrado. Eu pensei que era uma oportunidade incrível em amadurecer ao longo dos filmes.”

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva