Mudança interna na Warner rebaixa chefe de marketing que “odiava filmes de super-heróis”

Mudança interna na Warner rebaixa chefe de marketing que “odiava filmes de super-heróis”


Parece que as coisas estão mudando dentro da Warner Bros. após a recepção fraca de um de sus filmes mais caros, Liga da Justiça. Após confirmar que Walter Hamada, de It: A Coisa’, assumiu o posto antes ocupado por Jon Berg, agora a produtora também anunciou uma nova e importante mudança interna.

Segundo o The Wrap, o presidente do estúdio, Toby Emmerich, agora terá poder para aprovar os filmes, respondendo apenas ao CEO Kevin Tsujihara. Anteriormente todos os longas precisavam passar por um comitê de aprovação, que estava incluso a chefe de marketing Sue Kroll.

Para quem não lembra, Kroll é considerada umas das responsáveis pelo fracasso da Liga, sendo dela a decisão de “esconder” o Superman durante a campanha de marketing, e o site ainda ressalta que Kroll “odiava filmes de super-heróis”.

Em resposta, Kroll diz que não é verdade o que estão dizendo, que fazer filmes desse gênero “é sempre uma honra” e que se sente orgulhosa pela campanha de marketing que chefiou. Agora ela está apenas no cargo de produtora.




Essas mudanças irão ajudar os filmes da DC a encontrar sua identidade nos cinemas. De acordo com o Tsujihara:

“A Warner precisa continuar a fazer o que sempre fez de melhor: produzir os maiores lançamentos desse mercado. Foi isso que nos fez um sucesso. Não podemos fazer o que a Disney está fazendo. Funcionou muito, muito bem para eles, mas não é quem nós somos. Precisamos continuar a criar um equilíbrio com lançamentos de todos os tipos de filmes e gêneros”

Só nos resta aguardar para ver o que essas mudanças irão surtir nos próximos filmes da DC. Em 2018, apenas um filme será lançando: Aquaman, em 20 de dezembro.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c