A Netflix está testando uma nova ferramenta em sua plataforma que já está gerando polêmica em Hollywood. De maneira discreta e um tanto sigilosa, a gigante do streaming aplicou em alguns de seus aplicativos para Android o “speed mode”, uma ferramenta que permite ao usuário acelerar o conteúdo que está assistindo, sem comprometer sua qualidade.

A ferramenta oferece as opções de acelerar o conteúdo em 0.5x, 0.75x, 1.0x, 1.25x ou 1.5x. Esse mecanismo não é nada revolucionário e já é muito comum em outras plataformas voltadas para podcasts e audiobooks. Além disso, é possível instalar uma extensão no Chrome para que o usuário possa acelerar os vídeos do Youtube, que também já oferece essa opção em sua própria plataforma de vídeo.

Logo que a notícia dos testes começou a se espalhar, as reações por parte dos produtores de conteúdo vieram à tona, chamando a atenção para um futuro conflito entre a gigante do streaming e os artistas. Por meio das redes sociais, cineastas e atores compartilharam o seu repúdio com a ferramenta que a Netflix estaria estudando aplicar, com alguns ainda ameaçando uma represália, caso a opção “speed mode” entre em vigor.

O cineasta Judd Apatow, que já trabalhou com a Netflix com a série ‘Love‘, mostrou sua indignação, dizendo:

“Não me faça ter que ligar para cada diretor e criador de série da Terra para lutar contra vocês nisso. Me poupe o tempo. Eu ganharei, mas vai demorar muito tempo. Não ferrem com o nosso timing. Nós entregamos coisas legais. Deixe-as do jeito que elas foram feitas para serem consumidas”.

O astro Aaron Paul, da série ‘Breaking Bad‘, também se posicionou contra essa proposta:

“Parem…Não é possível que a Netflix siga adiante com isso. Isso significaria que eles estariam tomando totalmente o controle da arte de todo mundo e destruindo-na. A Netflix é melhor que isso. Não é Netflix?”

O diretor Peyton Reed, de ‘Homem-Formiga‘, também comentou a situação: “Essa é uma péssima ideia e eu e todos os diretores que conheço vão lutar contra isso”.

Já o diretor Brad Bird, de ‘Missão Impossível: Protocol Fantasma‘, foi um pouco mais além, afirmando que essa “é mais uma ideia espetacularmente ruim e mais um corte à experiência cinematográfica, que já está sangrando”.

Aproveite para assistir:

Peter Ramsey, co-diretor de ‘Homem-Aranha no Aranhaverso‘ ainda deu uma indireta a quem gosta de consumir conteúdos dessa maneira: “Será que tudo precisa ser projetado para os mais preguiçosos e sem bom gosto?”

Em resposta, a Netflix revelou que a ferramenta está apenas em fase de testes e que não será aplicada de maneira permanente por hora:

“Nós sempre estamos experimentando novas maneiras de ajudar nossos usuários a utilizarem a Netflix. Este teste torna possível variar a velocidade na qual as pessoas querem assistir os conteúdos em seus celulares. E como em qualquer teste, ele pode acabar se tornando algo permanente ou não”.

 

 

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE