Anne HathawayJulie Andrews são dois dos nomes mais lendários do cenário do entretenimento – e ambas contracenaram juntas na clássica rom-com adolescente O Diário da Princesa.

Tendo sua estreia oficial há exatos vinte anos, no El Capitan Theatre, o longa-metragem não apenas representou a estreia de Hathaway nas telonas, dando início a uma carreira recheada de aclame e de prêmios, mas também introduziu a icônica Andrews, de ‘Mary Poppins’‘A Noviça Rebelde’, a uma nova geração que cresceu tanto com as animações da Walt Disney quanto com o Disney Channel – motivos pelo qual é revisitado constantemente.

A trama gira em torno de Mia, uma garota de 15 anos que vive com sua mãe em São Francisco. De repente, ela descobre que seu pai é o Príncipe de Genóvia, um pequeno país europeu. Ela recebe a visita de sua avó recém-descoberta, que passa a lhe dar aulas de etiqueta, ensinando-a como uma princesa deve se portar. Mas quando se aproxima a data de seu aniversário, Mia precisa definir que caminho pretende tomar em sua vida: tornar-se uma princesa e se mudar para Genóvia ou permanecer morando com a mãe.

Apesar da recepção mista à época do lançamento, o filme ascendeu a um status de adoração universal, sendo redescoberto ano após ano e envelhecendo como vinho. O surpreendente sucesso financeiro rendeu inclusive uma sequência e eternizou Mia Thermopolis na cultura pop.



Para celebrar seu aniversário, separamos uma lista com várias curiosidades de bastidores, que você pode conferir abaixo:

CONTRATO IMEDIATO

Aproveite para assistir:

Durante as audições, Hathaway caiu da cadeira e imediatamente conquistou o papel de Mia na produção. Inclusive, a atriz era tão desastrada, que a cena em que ela escorrega e cai nas arquibancadas não havia sido roteirizada: o diretor Garry Marshall achou o momento tão engraçado que decidiu mantê-lo no corte final.

MARSHALLVERSE



Um dos garçons na sequência do jantar em que Mia quebra um copo de água diz: “acontece o tempo todo”. O mesmo ator interpretou um garçom em ‘Uma Linda Mulher’ e disse a mesma coisa para Vivian Ward (Julia Roberts) quando ela deixa o escargot escorregar. Ambos os filmes foram dirigidos por Marshall.

PROCESSO DETALHADO

Hathaway tinha que usar vários apliques no cabelo para dar a ele uma aparênica mais volumosa. Suas sobrancelhas levavam uma hora para serem aplicadas, visto que cada pelo era colocado individualmente.

MONEY, MONEY, MONEY

As joias e a tiara utilizada por Andrews na sequência final do filme valiam, à época, US$500 mil, ainda mais por serem feitas com diamantes verdadeiros em empréstio da empresa Harry Winston. Os adornos de Hathaway, por sua vez, foram feitos especificamente para ela e eram mais baratos: em vez de diamantes, a tiara foi feita com zircônio cúbico.

BFFs

Hathaway e Heather Matarazzo, intérprete de Lilly Moscovitz, se tornaram ótimas amigas durante as filmagens de O Diário da Princesa e, até hoje, mantêm contato uma com a outra.



COMO UMA PRECE

Enquanto filmava a dança celebratória final, Marshall colocou a clássica canção “Like a Prayer”, de Madonna, para que os atores e atrizes agissem naturalmente. Entretanto, o diretor assistente teve de rodar a cena várias vezes, visto que o elenco ficava murmurando as palavras da música.

DISPUTA ACIRRADA

O papel de Mia foi oferecido originalmente para Juliette Lewis, mas a atriz o recusou. Antes de Hathaway ser contratada, nomes como Christina ApplegateCameron DiazKate BeckinsaleReese WitherspoonJessica AlbaSarah Michelle Gellar foram consideradas para viver a protagonista.

MUDANÇAS PROFUNDAS


O filme muda completamente o relacionamento entre a Rainha Clarisse (Andrews) e Mia quando em comparaço ao livro. No romance original, Clarisse é teimosa e quase cruel Mia, levando-a a chorar várias vezes e sendo a responsável por contar ao mundo que ela é uma princesa. Na adaptação, o turbulento primeiro encontro entre as duas logo se transforma em uma divertida amizade.

QUÍMICA ESPONTÂNEA

O relacionamento entre a Rainha Clarisse e Joseph (Hector Elizondo) não estava no roteiro. A cena da dança e a inegável afeição que um sentia pelo outro foram improvisados pelos atores e foi mantida no corte final.

SUCESSO ESTRONDOSO

Arrecadando mais de US$165 milhões mundialmente, O Diário da Princesa desafiou as expectativas da indústria cinematográfica, que não esperava um sucesso financeiro tão grandioso – ainda mais considerando a classificação livre do longa. Não é surpresa que uma continuação tenha sido lançada três anos mais tarde, intitulada O Diário da Princesa 2: Casamento Real’.

Comentários

Não deixe de assistir: