Após o fracasso com “F” maiúsculo de Esquadrão Suicida (2016), muitos pensaram que o universo DC nos cinemas tinha chegado ao fim. Era o segundo filme que ia mal nas críticas no mesmo ano e o futuro era nebuloso. Porém, vieram Mulher Maravilha (2017), Aquaman (2018) e Shazam! (2019) trazendo críticas muito positivas, mostrando que ainda havia sim esperança para o UDC. Então, com a contratação do diretor James Gunn, que praticamente criou o universo Cósmico da Marvel nos cinemas, os executivos apostaram em dar uma segunda chance ao Esquadrão. Sem termos muitas novidades sobre o filme, ficaram muitas dúvidas sobre como seria essa grande aventura. Agora, com o lançamento do primeiro trailer, já dá para ter uma ideia de como Gunn irá conduzir tudo. E, olha… Parece insanamente fantástico. Pensando nisso, separamos os pontos altos dessa “espiadinha”. Confira!


Dinâmica de grupo



Um dos grandes trunfos de James Gunn é saber trabalhar equipes como poucos em Hollywood. Logo no início do trailer, já podemos ver que as interações dos membros da equipe serão um destaque no filme. E não tem essa de “vocês são minha família”, não. Os vilões são babacas e agem assim para com os outros, proporcionando momentos incríveis de diálogos dinâmicos e ácidos, como um questionando o “uniforme de trabalho” do outro.


Harley na medida

A estrela do primeiro filme foi a Harley Quinn (Margot Robbie), que conquistou não apenas aos companheiros de equipe, mas ao público também. No entanto, todo esse protagonismo acabou incomodando alguns. Em O Esquadrão Suicida, porém, ela parece estar mais dosada. Não por vontade própria e sim pela qualidade dos personagens ao seu redor. Será interessante enfim vê-la atuar junto a companheiros com tanto potencial quanto ela.

Sylvester Stallone



O eterno Rocky Balboa foi adicionado ao elenco no final do ano passado. Seu personagem ainda era um mistério, mas foi revelado neste trailer. Assim como James Earl Jones com o Darth Vader, Sylvester Stallone fará a voz do Tubarão-Rei, uma criatura brutal e de poucas palavras.

Aproveite para assistir:



Não querem estar ali 

Diferentemente do primeiro time de anti-heróis – com exceção do Amarra -, os vilões desse filme não estão nem um pouco à vontade de precisarem passar por essas missões suicidas. Eles querem apenas reduzir suas penas ou… Bem, como disse o Bolinha, morrer. Não é interessante para eles fazer amigos ou encontrarem uma motivação heroica para viver. Muito pelo contrário.


Violência explícita



A graça ter um filme com classificação etária para maiores é poder apostar em diálogos mais sujos, comportamentos moralmente questionáveis e em formas criativas e explícitas de violência. E como essa aventura é protagonizada por vilões sanguinários e cruéis, faz o total sentido que tenhamos cenas de corpos sendo divididos no meio e membros sendo decepados. Além disso, antes de brilhar na Marvel, James Gunn foi um dos mestres do Terror B moderno, então ele sabe bem como usar sangue e mutilação.

Mundo emancipado de Harley

Em Aves de Rapina (2020), Harley se separou do Coringa (Jared Leto) e encontrou na amizade e na loucura uma forma de superar esse término abusivo. Algumas das cenas mais incríveis mostram a doidinha favorita de todos exterminando policiais enquanto estava sob efeito de “pó ‘cocaína’ mágico”. Porém, ela via o sangue e as armas como flores, pós coloridos e brinquedos infantis. Ao que parece, teremos pelo menos uma sequência de violência pesada seguindo essa mesma estética do filme “solo” dela.

Starro, o Conquistador Estelar


Responsável pela união da Liga da Justiça nos quadrinhos, Starro, o Conquistador Estelar, é um alienígena inspirado nos filmes de terror e ficção dos anos 50. Ele surge para tomar a Terra destruindo tudo com seus tentáculos e fazendo “cópias” de si que tomam atitudes baseadas na consciência coletiva. Tipo uma “consciência unimental”. Ele também tem poderes telepáticos e consegue lançar raios de energia. Um oponente mais do que digno para os vilões.

Enfim, sabemos pelo histórico de “Esquadrão Suicida” que não podemos nos iludir com o primeiro trailer. Mas, em tempos em que alguns defendem heróis agindo feito psicopatas, é legal trabalhar a história de psicopatas precisando agir feito heróis. Parece promissor.

O Esquadrão Suicida estreia em 5 de agosto de 2021.

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva