Os 6 Blockbusters Não lançados que podem entrar no TOP 10 de 2018

Os 6 Blockbusters Não lançados que podem entrar no TOP 10 de 2018


Vingadores: Guerra Infinita, Pantera Negra, Jurassic World: Reino Ameaçado, Os Incríveis 2, Missão: Impossível – Efeito Fallout e Deadpool 2. O que estas superproduções têm em comum? Todas estão – em ordem crescente – entre as maiores bilheterias do ano no mundo. Não é de se espantar. No entanto, o ano ainda não terminou e temos mais três meses até fecharmos a conta de 2018. Antes de darmos as boas vindas a 2019, iremos olhar o relatório, refletindo o que deu certo e o que não deu neste ano.

Pensando nisso, resolvemos formular nossa nova lista. Desta vez, iremos focar nos grandes filmes que ainda serão lançados em 2018 e que poderão constar entre as maiores bilheterias deste ano, desbancando obras que disputam a tapa o concorrido ranking dos 10 maiores filmes do ano. O fato mostra que os últimos meses do ano igualmente guardam produções grandiosas. Vem conhecer.

O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos

A Disney vem investindo pesado em suas superproduções em live action. Embora esta não seja especificamente uma releitura de uma clássica animação da casa, adapta o conto icônico do autor russo E.T.A. Hoffman. Lançado em 1816, a história foi imortalizada por um balé. A superprodução estrelada por Keira Knightley, Morgan Freeman e Helen Mirren, tem todo o jeitão de seguir de perto o sucesso de Alice no País das Maravilhas, que rendeu para a Disney a segunda maior bilheteria de 2010 no mundo.



O Quebra Nozes e os Quatro Reinos estreia no dia 1º de novembro.

Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald

Essa é batata. Os filmes da franquia Harry Potter sempre se posicionaram entre as cinco maiores bilheterias de seus respectivos anos. Quando foi a hora de lançar o primeiro derivado com Animais Fantásticos e Onde Habitam (2016), a magia se repetiu (com o perdão do trocadilho) e o longa protagonizado por Eddie Redmayne marcou presença entre os dez filmes mais assistidos daquele ano. Alguém duvida que esta sequência do derivado irá duplicar o feito, ou quem sabe ir até além. Se depender do recente choque dos Potterhead com o novo trailer, que revela que a cobra Nagini era na verdade uma humana esse tempo todo, vivida por Claudia Kim, os ingressos se venderão sozinhos.

Animais Fantásticos – Os Crimes de Grindelwald estreia no dia 15 de novembro.

Aquaman

Saindo de uma superprodução da Warner para a outra, a Disney pode ter seus clássicos em versões live action e a Marvel, mas a Warner tem Harry Potter e a DC. Depois da sacudida com Mulher-Maravilha, um dos maiores sucessos do ano passado, o estúdio almeja seguir na crescente com o filme solo de Aquaman, o rei dos mares. O trailer deixou todos boquiabertos. Em especial pela mudança de tom: cores berrantes, nada de visual soturno e uma aventura bem mais nos moldes da rival. O carisma de Jason Momoa promete vender esse peixe (hoje estou demais).

Aquaman estreia no dia 13 de dezembro.

O Retorno de Mary Poppins

Se a Disney ainda não dominou o mundo, falta pouco. O estúdio do Mickey ataca por diversas vertentes. Tem a Marvel, tem Star Wars, as animações com a Pixar, as animações sem a pixar, as releituras de seus clássicos animados em versão live action e suas próprias produções. Neste fim de ano, a Disney atacará com duas superproduções em live action, recheadas de muitos efeitos e animações, resgatando clássicos. Depois de O Quebra-Nozes, o segundo a chegar será esta aguardadíssima obra, que continua nada mais do que o ícone dos ícones, Mary Poppins. A lendária produção ganha uma sequência 54 anos depois, trazendo a carismática Emily Blunt no papel principal. O trailer lançado recentemente nos deixou muito satisfeitos com a homenagem ao estilo do original, com desenhos mesclados ao live action.

O Retorno de Mary Poppins estreia no dia 20 de dezembro.

Bumblebee

Finalmente, outro estúdio resolve entrar na briga e tirar a hegemonia da Disney e da Warner. A Paramount resolve bancar o primeiro derivado da franquia Transformers. Adorada pelo público, mas sempre causando incômodo aos críticos, a franquia Transformers é sinônimo de sucesso em bilheteria, se posicionando no topo de seus respectivos anos. Desta vez, com o derivado, o estúdio promete tirar o ranço dos críticos em relação ao projeto, com um filme mais bonitinho, acessível, passado na década de 1980 e que faz jus ao seu material fonte – mais divertido e menos hardcore. Tudo parece ter mudado sem Michael Bay e finalmente os produtores parecem ter dado ouvido ao público. Até as cenas de ação parecem mais calmas e compreensíveis, facilitando nosso entendimento do que está ocorrendo na tela.

Bumblebee estreia no dia 25 de dezembro.

Alita: Anjo de Combate

Tudo bem, sabemos que por aqui no Brasil este filme só será lançado no início de 2019. Mas em outras partes do mundo, como nos EUA, o longa sairá no dia 20 de dezembro e isso o possibilita de estar entre as maiores bilheterias deste ano ainda, caso seja bem sucedido. Produzido por James Cameron (o que é um bom sinal) e dirigido por Robert Rodriguez, o filme é baseado numa graphic novel japonesa. A história mostra uma jovem androide buscando entender seu lugar no mundo e quem verdadeiramente é – pense numa versão feminina mais velha de Inteligência Artificial (2001), e com muito mais ação.

Alita: Anjo de Combate estreia no dia 3 de janeiro.

Bônus:

O Primeiro Homem

Sabemos que este filme é mais voltado para a época de prêmios do que para grandes bilheterias, mas às vezes ganhamos um filme que consegue cumprir os dois âmbitos. Este é o filme mais ambicioso do jovem cineasta Damien Chazelle e precisamos levar em conta se tratar da biografia de uma figura considerada um verdadeiro herói americano, o astronauta Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na lua. Desta forma, temos um filme da Universal que pode entrar na disputa.

O Primeiro Homem estreia no dia 18 de outubro.

Nasce uma Estrela

Igual ao caso citado acima, esta quarta adaptação da clássica história musical traz Lady Gaga no elenco e forte falatório de indicações ao Oscar. Porém, o filme pode render ainda mais com seu prestígio. Se for tão emocionante quanto promete, este pode se tornar o filme adulto da Warner do ano.

Nasce uma Estrela estreia no dia 11 de outubro.

Bohemian Rhapsody

Este é um tiro um pouco mais no escuro, ainda mais por certa polêmica envolvendo o diretor do filme, Bryan Singer. Seja como for, o grupo Queen possui muitos fãs que podem fazer desta obra da Fox um grande sucesso.

Bohemian Rhapsody estreia no dia 1º de novembro.

WiFi Ralph: Quebrando a Internet

Este é outro filme que só chega por aqui no início de 2019, mas nos EUA o lançamento será no fim de novembro. A Disney investe com força em suas animações longe da Pixar. A prova disso foi o sucesso assombroso de filmes como Frozen (2013) – primeiro lugar no mundo – e Zootopia (2016) – quarto lugar no mundo. O primeiro Detona Ralph (2012) por pouco não figurou no top 10, figurando em 14º nas bilheterias. A continuação pode conseguir tal façanha, indo além.

WiFi Ralph estreia no dia 3 de janeiro de 2019.

Venom

Este talvez seja o maior tiro no escuro da lista. Esta produção da Sony não despertou, por assim dizer, sentimentos apaixonados pelas prévias até o momento. No entanto, quando filme sair e se for bom, pode gerar um boca a boca positivo fazendo do longa um sucesso. Super-heróis estão na moda, mas os vilões ainda não conseguiram um lugar ao sol em filmes solo. Com o hype gerado pelo filme do Coringa, com Joaquin Phoenix, quem sabe o interesse pelo Venom de Tom Hardy também não cresça.

Venom estreia no dia 4 de outubro.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c