quinta-feira, abril 18, 2024

Percy Jackson e os Olimpianos | O que são os Campos de Asfódelos?

No sétimo episódio de ‘Percy Jackson e os Olimpianos’, nosso trio de heróis finalmente conseguiu encontrar uma passagem para o submundo a fim de enfrentar Hades, o deus do submundo, e recuperar o raio-mestre de Zeus para colocar um fim numa possível guerra que traria o apocalipse à Terra – isto é, até descobrirem que a deidade não estava em posse do poderoso objeto.

Ao longo do capítulo, somos convidados a conhecer as várias regiões do submundo, incluindo uma conhecida como os Campos de Asfódelos – uma das três grandes partes desse medonho lugar ao lado dos Campos Elíseos, onde as almas bondosas eram garantidas com a vida eterna, e do Tártaro, onde almas maléficas eram submetidas à punição eterna (e para onde Cronos foi banido após ser derrotado pelos deuses do Olimpo).

Mas o que são os Campos de Asfódelos?

Na ‘Odisseia’ de Homero, essa região é localizada perto da Terra dos Sonhos, referindo-se a ela como uma moradia dos espíritos dos homens que abandonaram seus trabalhos terrenos. Inspirado nos Asphodelus, plantas bulbosas de flores vistosas e caule comestível, o local remonta à ideia de uma floresta fértil, fragrante e floreada – e a escolha da planta em questão faz menção a sua cor acinzentada que é associada ao reino governado por Hades. Entretanto, outras explicações apontam que o nome desses Campos é derivado do termo sphodelos ou spodelos, que significa “campo de cinzas”.

Enquanto na série do Disney+ esse território é destinado àqueles que carregam arrependimentos concretizados ou não concretizados em vida, na mitologia grega, os Asfódelos comportam as almas que tiveram vidas medíocres – mas, até hoje, sua relação com outros lugares do imaginário antigo permanece incerta. É notável, por exemplo, que algumas descrições apontam-no como uma terra de pura neutralidade (ou seja, seus habitantes não são nem bons, nem ruins, e devem ser tratados dessa maneira no pós-vida); outras indicam que todos os residentes beberam da água do Rio Lete antes de entrarem nos Campos, perdendo suas identidades.

Essa perspectiva um tanto negativa sobre a vida após a morte para aqueles que causam pouco impacto foi transmitida de forma a encorajar o militarismo nas culturas gregas (em oposição à inação). Na verdade, aqueles que pegaram em armas e se tornaram heróis foram recompensados ​​com a vida eterna nos Campos Elíseos.

Lembrando que o último episódio da 1ª temporada será exibido em 30 de janeiro.

Mais notícias...

Thiago Nollahttps://www.editoraviseu.com.br/a-pedra-negra-prod.html
Em contato com as artes em geral desde muito cedo, Thiago Nolla é jornalista, escritor e drag queen nas horas vagas. Trabalha com cultura pop desde 2015 e é uma enciclopédia ambulante sobre divas pop (principalmente sobre suas musas, Lady Gaga e Beyoncé). Ele também é apaixonado por vinho, literatura e jogar conversa fora.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS