‘Piratas do Caribe’, ‘Tomb Raider’, ‘Bad Boys’ e os Grandes blockbusters que completam 20 anos em julho!

Julho é o auge do verão norte-americano. E também o auge das férias escolares da garotada por lá e pelo mundo, incluindo o Brasil. Isso significa que sem escola, as crianças e adolescentes só precisam se preocupar com a diversão e ocupar seu tempo com recreações e entretenimento. Os estúdios de cinema em Hollywood perceberam isso há muito tempo, e começaram a lançar seus grandes blockbusters – recomendados para toda a família – justamente em tal época, visando que os pais pudessem levar seus filhos em tal período lotando as salas de cinema. Desta forma, o verão americano ficou conhecido como “a casa” dos maiores lançamentos do ano.

Em 2023 a coisa não foi diferente, e julho inaugurou uma nova leva de blockbusters que deram a partida para a segunda metade do ano. Tivemos muitas produções adoradas pelos fãs e grandes sucessos. Vimos estrear ‘Sobrenatural – A Porta Vermelha’, quinto filme da franquia de terror bem-sucedida, ‘Missão: Impossível – Acerto de Contas Parte 1’, que está lutando por uma boa arrecadação nas bilheterias, mas está encontrando grande dificuldade, ainda mais depois do terceiro fim de semana do mês. É claro que falamos do fenômeno “Barbenheimer”, que juntou no mesmo fim de semana os sucessos ‘Barbie‘ e ‘Oppenheimer‘. E o resto é história.

Mas não parou por aí, porque fechando o mês, recebemos nesse fim de semana a assustadora produção da Disney ‘Mansão Mal-Assombrada’, uma brincadeira com o gênero do terror baseada em uma de suas maiores atrações dos parques temáticos.

Como nosso tópico nessa série de matérias é sempre a volta ao passado, aqui iremos retornar 20 anos para recordar o que estava sendo lançado nos cinemas no mês de julho há duas década. Uma dica: era o surgimento de um pirata bem diferente e uma das franquias mais bem-sucedidas dos últimos 20 anos, era a volta de uma máquina assassina do futuro, de uma arqueóloga saída dos games, de uma patricinha da advocacia e de dois parceiros policiais muito divertidos, que são verdadeiros “garotos maus”. Confira abaixo e descubra.

O Exterminador do Futuro 3

Julho é também o mês do inverno no Brasil. Justamente por isso, o sétimo mês do ano começava de forma quente nos cinemas, com a volta de Arnold Schwarzenegger para a maior franquia de sua carreira. ‘O Exterminador do Futuro 2’ foi simplesmente um grande fenômeno no início dos anos 90, ainda considerado até hoje um dos maiores filmes de ação de todos os tempos. Assim, mais de dez anos depois, o próprio James Cameron (que não retornou no terceiro) aconselhou o astro a protagonizar, mas pedir uma fortuna para isso. Dito e feito. ‘O Exterminador 3’ abriu o mês de julho chutando a porta há 20 anos, descolando a primeira posição com US$44 milhões no dia 4, o feriado de independência americana.

Legalmente Loira 2

No mesmo 4 de julho há 20 anos, quem voltava também era Reese Witherspoon como Elle Woods, a patricinha mais sagaz no direito, de ‘Legalmente Loira’. O primeiro filme se tornou um grande sucesso ao mostrar uma patricinha fútil que decide cursar a faculdade de direito para ir atrás do namorado que a trocou, aprendendo muito mais no caminho e evoluindo como ser humano. Assim, dois anos depois a sequência levava Woods para Washington, para trabalhar com as leis da nação. O longa não foi páreo para ‘O Exterminador do Futuro’, é claro, mas descolou a segunda posição com metade da arrecadação do oponente, somando US$22 milhões.

Sinbad – A Lenda dos Sete Mares

Na batalha do dia 4 de julho há 20 anos, quem levou a pior foi esta ambiciosa animação dos estúdios Dreamworks, de Steven Spielberg – que visava adaptar em grande estilo para toda uma nova geração a clássica história do aventureiro dos mares Sinbad, que possui origem em Badgá. Nem mesmo os talentos de Brad Pitt, Catherine Zeta-Jones e Michelle Pfeiffer encabeçando o elenco de dubladores como o trio de protagonistas foi o suficiente para levar o público-alvo correndo aos cinemas na data. ‘Sinbad’ fez US$6.8 milhões no fim de semana de estreia ficando em sexta posição do ranking.

Não deixe de assistir:

Piratas do Caribe

Agora a brincadeira ficou séria. Em 11 de julho há 20 anos estreava nos cinemas o primeiro ‘Piratas do Caribe’. Mas não pense você que o longa já nasceu como o fenômeno que viria a se tornar. Esse foi um sucesso inesperado, que não havia gerado tanto hype antes do lançamento, com a adaptação de um dos passeios mais icônicos dos parques temáticos da Disney. Foi o boca a boca dos fãs e os elogios da imprensa, em especial à performance inusitada de Johnny Depp como o Capitão Jack Sparrow, que transformou o primeiro ‘Piratas do Caribe’ em um filme imperdível. O filme fez bonito em sua estreia, arrecadando mais que ‘O Exterminador 3’ em sua abertura, se tornando também o longa com a maior estreia de julho há 20 anos, com US$46.6 milhões.

A Liga Extraordinária

Seguindo na contramão do que foi o sucesso de ‘Piratas do Caribe’, no mesmo dia 11 de julho tivemos também a estreia de outro blockbuster, esse da Fox, com orçamento de US$78 milhões. Trata-se da primeira adaptação de uma famosa história do renomado Alan Moore. ‘A Liga Extraordinária’ partiu da ideia do artista de reunir diversos personagens clássicos da literatura, como Allan Quatermain, Dorian Gray, Mina Harker (de Drácula), o Dr. Henry Jekyll (de O Médico e o Monstro), o Capitão Nemo (de 20 Mil Léguas Submarinas), entre outros. Encabeçando o elenco, o grande Sean Connery, que faria desse seu último trabalho como ator nas telonas. O longa não atingiu o esperado, e estreou em segunda posição com US$23 milhões.

Bad Boys II

Chegamos ao terceiro fim de semana de julho de 20 anos atrás, no dia 18. Nesse fim de semana, ganhávamos outra estreia bem chamativa sacudindo as coisas no mês do verão norte-americano. Trata-se de ‘Bad Boys II’, continuação do sucesso cult de buddy cop de 1995. O primeiro filme foi feito por US$19 milhões e serviu para introduzir Will Smith e Martin Lawrence, então saídos de séries cômicas de TV, no cinema. Já o segundo, quase dez anos depois, transformava a coisa em um blockbuster de respeito, com US$130 milhões de orçamento. Isso porque a esta altura, ambos Smith e Lawrence haviam se tornado astros do cinema, assim como o badalado diretor Michael Bay. Com este hype ‘Bad Boys II’ se tornou a segunda maior estreia do mês de julho daquele ano, com US$46.5 milhões, ficando só um pouco atrás de ‘Piratas do Caribe’ e batendo ‘O Exterminador do Futuro 3‘.

Johnny English

Talvez chegando atrasado à festa e parecendo meio datado, ou parado no tempo, o humorista Rowan Atkinson, o eterno Mr. Bean, decide satirizar o subgênero dos espiões, vide 007 – James Bond. O problema é que a esta altura o mundo já havia recebido obras como ‘Austin Powers’, com três filmes, que havia redefinido este tipo de comédia. Assim, Johnny English fez o que pôde, apesar de não ser um filme ruim. O curioso é que esta franquia parece empurrada para pegar no tranco, com uma diferença grande entre o intervalo de cada episódio, com o segundo lançado em 2011 e o terceiro em 2018. O primeiro estreou em quinta posição do ranking com US$9 milhões no mesmo fim de semana de ‘Bad Boys II‘.

Pequenos Espiões 3D

É claro que não poderíamos terminar o mês de julho sem mais uma produção infantil mirada à toda a família – afinal esse é o mês das férias escolares, propício para levar a criançada ao cinema. Aqui, tivemos a terceira parte das aventuras criadas por Robert Rodriguez e iniciada em 2001. Por três anos consecutivos, o cineasta lançou nos cinemas as aventuras de Carmen (Alexa PenaVega) e Juni (Daryl Sabara), crianças que descobrem que seus pais são agentes secretos do governo do nível de 007, e precisam salva-los dos inimigos, salvando o mundo também. Nesse terceiro filme, o diretor decide investir na onda da época, os efeitos em 3D, antes da revolução que seria ‘Avatar’ em 2009. O vilão da vez é interpretado por Sylvester Stallone. O filme arrecadou US$32.5 milhões, sendo a maior abertura da semana do dia 25 em primeira posição.

Tomb Raider – A Origem da Vida

O primeiro ‘Lara Croft – Tomb Raider’ foi um sucesso moderado, mas o que todos enalteceram foi a atuação da vencedora do Oscar Angelina Jolie no papel da protagonista musa dos videogames. Essa foi a primeira grande adaptação de games eletrônicos para uma nova geração, saindo dos anos 90, e elevando o potencial da coisa no início dos anos 2000. Todos concordaram que Jolie estava perfeita no papel. Assim, dois anos depois a atriz retornava ao personagem em ‘A Origem da Vida’. Mas o hype para o filme não estava dos mais altos, somado a isso tínhamos um filme sem muita ação, ou qualquer momento verdadeiramente memorável como no original, que desestimulou os fãs e colocou um ponto final na promissora franquia. O filme estreou em quarta posição, atrás de ‘Piratas do Caribe’ e ‘Bad Boys II’ que já estavam em cartaz há algumas semanas, com US$21.7 milhões no último fim de semana de julho de 20 anos atrás.

Seabiscuit – Alma de Herói

Terminando a lista das principais estreias do mês de julho há 20 anos temos um filme mais sério e adulto, que conseguiu chegar até a época de premiações, culminando no Oscar, onde recebeu sete indicações, incluindo melhor filme e roteiro. Baseado na história real do cavalo Seabiscuit, que encantou plateias com sua vida repleta de superações ainda na década de 1930, quando virou um verdadeiro fenômeno vencedor de corridas. O filme narra as vidas que o animal tocou, seja de seu dono, papel de Jeff Bridges, ou de seu problemático jóquei, papel de Tobey Maguire. O filme que encantou plateias, mesmo sendo uma obra “menor”, estreou em sexta posição com US$20 milhões, quase derrubando ‘Tomb Raider 2’.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS