Ryan Reynolds revelou a razão por trás de sua pausa planejada como ator. Ele terminou as filmagens do filme de Natal da Apple TV+ chamado ‘Spirited‘, que será uma recriação moderna do famoso romance de Charles Dickens, Um Conto de Natal.

Em uma postagem no Instagram compartilhada em seu último dia de filmagens da produção em Outubro, Reynolds disse que era “o momento perfeito para um pouco de férias da produção de filmes”.

Agora, falando com o THR, Reynolds  deu mais detalhes e revelou que quer passar mais tempo com sua família.

“Estou apenas tentando criar um pouco mais de espaço para minha família e tempo com eles. Você sabe, você realmente não consegue esse tempo de volt … Eu provavelmente estarei longe de filmes, ou pelo menos de fazer filmes, até Setembro de 2022. Isso apenas me dá a oportunidade de estar em casa.”, afirmou. 



Lembrando que, além de Spirited, Reynolds é co-estrela do vindouro thriller de ação Alerta Vermelho, ao lado de Gal Gadot e Dwayne Johnson.

Aproveite para assistir:

Na trama, quando a Interpol emite o alerta vermelho – um pedido global de busca e apreensão dos criminosos mais procurados do mundo – é hora de o melhor investigador do FBI, John Hartley (Johnson) entrar em cena. A caçada vai colocá-lo no meio de um ousado plano de assalto, forçando-o a se unir ao golpista Nolan Booth (Reynolds) para capturar a ladra de obras de arte mais procurada do mundo, ‘O Bispo’ (Gadot). Esta grande aventura vai levar o trio ao redor do globo, passando por pistas de dança, uma prisão isolada, pela selva e, o pior de tudo, constantemente um na companhia do outro. O elenco estelar conta ainda com Ritu Arya e Chris Diamantopoulos. Dirigido e escrito por Rawson Marshall Thurber (Central de Inteligência, Arranha-Céu: Coragem sem Limite) e produzido por Hiram Garcia, Dwayne Johnson e Dany Garcia, da Seven Bucks Productions, por Beau Flynn, da Flynn Picture Co., e pela Thurber’s Bad Version, Inc., Alerta Vermelho é um elegante jogo de gato e rato ao redor do globo.

Com estreia marcada para 12 de novembro na Netflix, o longa foi orçado em US$ 200 milhões, ultrapassando ‘O Irlandês’ (US$160 milhões), ‘Esquadrão 6’ (US$ 150 milhões) e ‘Bright’ (US$90 milhões).



A produção é dirigida e roteirizada por Rawson Marshall Thurber (‘Arranha-Céu’).

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: