Scarlett Johansson causa polêmica ao criticar o politicamente correto no cinema

Scarlett Johansson causa polêmica ao criticar o politicamente correto no cinema



Durante uma entrevista para a revista As If, Scarlett Johansson disse ser livre para interpretar qualquer personagem, questionando o ‘politicamente correto’.

A declaração veio após a atriz abandonar o filme ‘Rub & Tug‘, por conta das críticas que estava recebendo. Na trama, Johansson iria interpretar um homem transexual.

“Como atriz, eu deveria poder interpretar qualquer pessoa, árvore, ou qualquer animal porque é o meu trabalho e esses são os requisitos do meu trabalho.”, protestou ela.

Ao longo da entrevista, Johnasson disse sentir como se a representatividade fosse ‘uma tendência’ em seu ramo.

“Isso precisa acontecer por diversas razões sociais, mas algumas vezes fica desconfortável quando afeta a arte, porque eu sinto que a arte tem que ser livre de restrições. Acho que a sociedade seria mais conectada se nós apenas permitíssemos que cada um sentisse o que quisesse e não esperasse que todo mundo se sinta como nos sentimos.”

A entrevista causou polêmicas e a atriz publicou uma resposta na tentativa de amenizar a situação, afirmando que sua citação foi distorcida.

Aproveite para assistir:


“Uma entrevista publicada recentemente foi editada para trazer acesso ao site e está amplamente fora do contexto.”

Mesmo assim, a triz deixou claro que a arte deve estar ‘imune ao politicamente correto’.

“Pessoalmente sinto que, em um mundo ideal, qualquer ator deveria ser capaz de interpretar qualquer um e a arte, em todas suas formas, deveria ser imune ao politicamente correto. Essa a questão que eu me referi”, afirmou.

E você, concorda com ela?



COMENTÁRIOS