Shazam e Adão Negro devem se enfrentar apenas no terceiro filme do herói

Shazam e Adão Negro devem se enfrentar apenas no terceiro filme do herói



Existe uma grande expectativa entre os fãs de verem o herói Shazam! ficando frente a frente com o vilão Adão Negro nos cinemas, logo em ‘Shazam! 2‘. Mas embora esse seja o anseio do público, a espera deve ser um pouco mais longa.

Segundo o astro Zachary Levi, o confronto entre os poderosos personagens deve acontecer apenas no terceiro filme do herói. A informação foi revelada durante sua participação na CCXP alemã.

De acordo com o ator, a ideia é que o vilão seja – primeiramente – explorando em seu contexto solo, para que então ele possa ingressar à narrativa de maneira mais integrativa. Levi ainda pontuou que se o oposto fosse feito, isso invalidaria a necessidade de um longa introdutório do Adão Negro.

Disse:

“Eu posso dizer que, pelo que sei, Adão Negro não vai aparecer no segundo ‘Shazam!‘, pois eles querem fazer um filme solo do personagem primeiro. Dessa forma, ficaria algo nesse sentido: Se nós fizermos um terceiro filme do ‘Shazam!‘ e um segundo do ‘Adão Negro‘, de maneia um tanto paralela, seria ali que ambos se encontrariam. Até porque ele é o grande vilão do Shazam. Eles são como doppelgängers certo? Ele é o seu irmão gêmeo do mal. Então isso meio que tem ser a batalha final. Se fizermos isso no segundo filme, para onde iremos depois disso então? Seria apenas um filme com todos nós sentados, jogando video game, seria chato. Então eu acho que essa é a ideia. Nós realmente teremos um crossover, o plano é chegar nisso, mas isso será feito com seu próprio ritmo, conforme for melhor”.

 

Aproveite para assistir:


Há alguns meses, Dwayne Johnson disse que seu filme solo deve  começar a ser filmado em 2020, sugerindo uma possível estreia para 2021. Mesmo assim, parece que não veremos uma luta entre Adão e Shazam por um bom tempo, já que os vilões de Shazam 2’ devem ser os membros da Sociedade Monstruosa do Mal.

Lançado em abril, ‘Shazam!‘ foi aclamado pelos críticos (alcançando 90% de aprovação no site Rotten Tomatoes), além de ter faturado mais de 350 milhões de dólares nas bilheterias mundiais.



COMENTÁRIOS