Famoso por dar vida ao Darth Vader na trilogia original de ‘Star Wars’, David Prowse faleceu ontem (29), aos 85 anos, o que entristeceu os fãs e o criador da saga, George Lucas.

Através de um comunicado no site oficial da franquia, Lucas se despediu de Prowse com uma bela homenagem, dizendo:

“David trouxe uma presença física para Darth Vader que era essencial para o personagem. Ele fez Vader pular das páginas e ir para as telonas, com uma estatura imponente e desempenho de movimento para combinar com a intensidade e tendência da presença de Vader. David estava pronto para tudo e contribuiu para o sucesso do que se tornaria uma figura memorável e trágica. Que ele descanse em paz.

Peter Cushing, George Lucas, Carrie Fisher, e David Prowse nos bastidores de ‘ Star Wars: Uma Nova Esperança’ (1977).

Infelizmente, Lucas e Prowse não tinham um relacionamento muito próximo, já que o astro se sentiu traído ao descobrir que sua voz não seria usada no vilão.



Apesar de David ter vivido o maior vilão de todos os tempos entre 1977 e 1983, foi James Earl Jones quem o dublou na pós-produção.

Além disso, ele ficou bastante irritado quando Lucas escalou Sebastian Shaw para dar vida ao vilão por baixo do capacete em ‘O Retorno de Jedi’ (1983).

Aproveite para assistir:

Lembrando que o esgrimista Bob Anderson foi quem realizou as lutas com o Sabre de Luz.

Independentemente disso, é bom saber que o cineasta valoriza claramente o que Prowse fez com Darth Vader nos primeiros filmes da saga.



Lembrando que a carreira do astro durou mais de 50 anos e ele também ficou bastante conhecido por sua participação em ‘Laranja Mecânica‘, mas foi seu papel como Darth Vader que lhe trouxe fama internacional.

Não deixe de assistir: