Por essa os fãs não esperavam… ou já esperavam?

Enquanto promovia ‘Dolittle‘, o astro Robert Downey Jr. revelou ao Extra que ele não descarta retornar como o Homem de Ferro no Universo Cinematográfico da Marvel, mesmo após a chocante morte do personagem em ‘Vingadores: Ultimato‘.

“Sim, tudo pode acontecer e eu posso voltar. Por enquanto, eu desliguei minhas armas e sou bom em deixar para lá. Também acho que a Marvel está nessa nova jornada agora e eles estão tentando um monte de outras coisas, e eu estou animado para eles verem como tudo isso acontece. É difícil imaginar como será o futuro”, afirmou.

Downey se juntou ao Universo Cinematográfico da Marvel em 2008, quando não havia um universo cinematográfico, apenas para fazer um filme do Homem de Ferro. Por fim, ele atuou como o personagem por dez anos, ao longo de dez filmes.


Você gostaria de ver o ator retornando? Como isso poderia acontecer.

Recentemente, os roteiristas de ‘Vingadores: Ultimato’, Stephen McFeely e Christopher Markus, foram questionados pela Vanity Fair porque decidiram matar Tony Stark ao final da adaptação.

Aproveite para assistir:

Em resposta, Markus disse que a morte de Stark simbolizou não apenas o ato final de ‘Ultimato‘, mas a conclusão de toda a sua trajetória no MCU.

“Sua morte legitimou a coisa toda, sabe? Se o personagem continuasse vivo, as pessoas iriam perder o interesse em tudo que veio antes de sua morte, perderia o sentido… A história teve começo, meio e fim, é disso que se trata o sacrifício dele.”

O roteirista aproveitou para esclarecer que a decisão altruísta de Stark foi um reflexo de sua convivência com o Capitão América, e que apesar das diferenças, eles eram muito semelhantes.

“Ao longo dos filmes, percebemos que Tony e o Capitão estavam cruzando seus arcos. Steve sempre se sacrificava pelos outros, mas acabou se tornando mais individualista. Em ‘Guerra Civil’ ele tomou decisões baseadas em sentimentos pessoais, mesmo sabendo que iria desmontar os ‘Vingadores. Tony foi pelo caminho contrário, ele era egoísta e impetuoso, mas percebemos que ele suportou todo o fardo de ser um herói se sacrificando pelo universo.”

Assista à nossa crítica sobre o filme:


 

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE