“Um tímido estudante tentando entrar em contato com sua família em Ohio, um sujeito durão que adora armas tentando achar um último bolinho Twinkie, e um par de irmãs tentando chegar até um parque de diversões se unem em uma viagem através de um EUA pós-apocalíptico, infestado de zumbis”. Esta é a premissa de Zumbilândia contida nas sinopses.

Lançado no dia 2 de outubro de 2009 nos EUA e em grande parte do mundo, tendo antes feito sua estreia no Fantastic Fest de Austin, em 25 de setembro, Zumbilândia chegou aos cinemas brasileiros no dia 29 de janeiro de 2010. Distribuído pela Sony Pictures, o “terrir” foi produzido com o orçamento de US$23 milhões (baixo para os padrões de blockbusters típicos) e só no seu fim de semana de estreia arrecadou mais de US$24 milhões. Ou seja, se pagou logo em sua estreia nos EUA. Fechou o caixa no país com mais de US$75 milhões, e mais de US$102 milhões ao redor do mundo.

Zumbilândia é o que podemos chamar de sucesso e mais ainda se levarmos em conta que o filme foi rodado em apenas 42 dias. Em vias de estrear sua tão esperada continuação, Zumbilândia: Atire Duas Vezes (com lançamento para esta quinta-feira, dia 24), o CinePOP resolveu homenagear os dez anos do lançamento do original com algumas curiosidades. Vem conhecer.

Roteiro

A ideia original é que Zumbilândia fosse uma série de TV. Mas após ser rejeitado neste formado, o roteiro precisou passar por inúmeras revisões e ajustes e acabou se tornando um longa de menos de 1h30min de duração. Antes disso, no entanto, o texto de Rhett Reese e Paul Wernick, mais conhecidos pelos roteiros hilários dos dois Deadpool (2016 e 2018), ficou na geladeira por algum tempo, e em 2007 chegou a ser considerado um dos melhores da “Black list” – roteiros adorados que ainda não foram produzidos.

Diretor

O cineasta Ruben Fleischer, então com 35 anos, fez sua estreia no cinema com a direção de Zumbilândia. Seu trabalho foi tão dinâmico, moderno e criativo, que o cineasta logo ganhou os holofotes, tornando-se um nome requisitado para este tipo de produção. Na esteira de seu primeiro trabalho vieram obras cada vez mais ambiciosas, como 30 Minutos ou Menos (2011), Caça aos Gângsteres (2013) e o recente Venom (2018) – que se mostrou um fenômeno estrondoso com os fãs. Fleischer, é claro, também está no comando da continuação, Atire duas Vezes.

10 filmes de terror no Amazon Prime Video para fugir dos problemas…

Aproveite para assistir:

10 Séries de Comédia para Maratonar nas Próximas Semanas

O cineasta, inclusive, já revelou que uma de suas inspirações para o longa foi o cult britânico Todo Mundo Quase Morto (2004), de Edgar Wright.

Mas o que muitos podem não saber é que Zumbilândia poderia ser um filme bem diferente. Acontece que o projeto foi oferecido inicialmente para ninguém menos do que John Carpenter, um dos grandes mestres do terror moderno, dono de uma filmografia com títulos como Halloween (1978), O Enigma de Outro Mundo (1982) e Os Aventureiros do Bairro Proibido (1986).

Já imaginaram? Não dá para saber que tipo de filme Carpenter faria com o material, mas o diretor terminou recusando a oferta. Curiosamente, ele comandaria Aterrorizada (2010) no ano seguinte, seu último trabalho até então, protagonizado por Amber Heard, que também está no elenco de Zumbilândia.

Elenco e Personagens

 

A dupla Columbus (Jesse Eisenberg) e Tallahassee (Woody Harrelson) por pouco não se chamou Flagstaff e Albuquerque, respectivamente, como no tratamento original do roteiro. A ideia, no entanto, foi reaproveitada para a continuação, quando a dupla encontra seus “clones”, vividos por Thomas Middleditch e Luke Wilson, que possuem justamente tais nomes.

Emma Stone, que estava em início de carreira, e interpreta a personagem Wichita, foi contratada para viver 406, a vizinha de Columbus. Com a mudança para um papel maior para Stone, 406 terminou nas formas de Amber Heard, igualmente em início de carreira. Por falar em Stone e sua Wichita, sua personagem é a única que revela o nome verdadeiro no filme: Krista, em homenagem ao nome da mãe de Emma Stone na vida real. Voltando ao papel de Wichita, as primeiras opções para a personagem foram as atrizes Evan Rachel Wood e Megan Fox, mas ambas rejeitaram o convite.

No caso de Columbus, o ator Jamie Bell foi originalmente contratado para o personagem, mas terminou por deixar a produção. Como substituto, Taylor Lautner, no auge da fama devido ao sucesso de Crepúsculo, foi considerado mas não pôde aceitar o papel. Assim, entrou em cena Jesse Einsenberg.

Nem mesmo Woody Harrelson se livrou de por pouco não ser a cara de Tallahassee. Segundo os roteiristas, o desconhecido Kirk Ward foi considerado para o papel protagonista. Ward viria a interpretar o personagem numa série de TV (2013) que morreu na praia.

Quando o filme foi lançado, apenas o veterano Woody Harrelson e a pequena Abigail Breslin haviam sido indicados ao Oscar. Harrelson por O Povo Contra Larry Flynt (1997) e Breslin por Pequena Miss Sunshine (2007). Após Zumbilândia, Harrelson foi indicado mais duas vezes, por O Mensageiro (2010) e Três Anúncios para um Crime (2018); Jesse Eisenberg uma vez por A Rede Social (2011); e Emma Stone três vezes por Birdman, La La Land (da qual saiu com o prêmio) e A Favorita (2019).

Série de TV

Pegando o gancho da série de TV de Zumbilândia, vamos adereçar agora este tópico. Como dito, originalmente, a ideia do roteiro era para um programa de televisão, mas o conceito foi transformado num longa para o cinema. Apesar do imenso sucesso do filme, a carreira dos jovens atores Jesse Eisenberg e Emma Stone estava decolando, então o sonho para uma continuação se mostrava difícil, com os atores buscando novos desafios.

Assim, a ideia voltou para a TV, com os mesmos roteiristas. A série, porém, ficou apenas no piloto de 28 minutos, sendo considerada hoje “um filme feito para a TV”. A produção é de 2013, e trouxe Kirk Ward como Tallahassee, Tyler Ross como Columbus, Maiara Walsh como Wichita e Izabela Vidovic como Little Rock. Esta se tornou quase uma lenda urbana de produções televisivas de alto conceito escondidas do público, como a série da Mulher-Maravilha (2011) com Adrianne Palicki, e Segundas Intenções (2016) com Sarah Michelle Gellar.

Zumbis Famosos

A cena mais icônica e que se tornou inesquecível assim que a assistimos ainda nos cinemas, foi o trecho com a participação de Bill Murray. Até quem não é o maior fã do longa dá o braço a torcer de que este momento é simplesmente hilário! Mas além da participação pra lá de memorável do eterno Caça-Fantasma, o plano inicial era que outros famosos fizessem participações como zumbis no filme. Entre eles o destaque ficaria com o saudoso Patrick Swayze, que tiraria sarro com Ghost: Do Outro lado da Vida (1990) e Dirty Dancing: Ritmo Quente (1987), duas de suas mais famosas produções. Curiosamente, Emma Stone brinca com Dirty Dancing no filme Amor a Toda Prova (2011), no qual reencena o momento chave do pulo com seu parceiro de La La Land, Ryan Gosling.

Outros zumbis famosos que poderiam ter dado as caras em Zumbilândia foram Jean-Claude Van Damme, Matthew McConaughey, Joe Pesci, Mark Hamill, Kevin Bacon e Dwayne Johnson, o The Rock. A ideia foi abandonada provavelmente para dar mais ênfase à participação brilhante de Murray.

15 Séries da Netflix Para Maratonar

15 Séries da Globoplay Para Você Maratonar

15 Séries da Amazon Prime Para Maratonar neste mês

10 reality shows insanos pra você que amou The Circle e Casamento às Cegas

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE