’50 Tons de Cinza’ tem bilheteria maior que a dos 7 indicados ao Oscar SOMADA

COMPARTILHE!

Oscar pode ser sinônimo de qualidade, mas nem sempre é sinônimo de sucesso. Prova disso é a bilheteria de  ‘Cinquenta Tons de Cinza’ (Fifty Shades of Grey), que já passa a marca dos US$ 400 milhões de dólares arrecadados mundialmente.

Em apenas duas semanas, o romance erótico já tem uma bilheteria maior do que sete indicados ao Oscar de Melhor Filme JUNTOS!

“É triste, mas a maioria das pessoas têm que finalmente aceitar que o Oscar tornaram-se, assim, elitista e não estão em sintonia com tudo o que é realmente popular,” afirma Philip Hallman, da Escola de Cinema da Universidade de Michigan.




‘Cinquenta Tons de Polêmica’: Os 10 Filmes Mais Polêmicos da História

O único grande sucesso da lista, que conta com oito filmes, foi ‘Sniper Americano‘. O filme dirigido por Clint Eastwood e estrelado por Bradley Cooper arrecadou incríveis US$ 320 milhões somente nos EUA.

Se remover Sniper da lista de Melhor Filme, os outro sete filme combinados arrecadaram US$ 300 milhões em bilheterias, US$ 100 milhões a menos que o criticado ‘Cinquenta Tons de Cinza’.

‘Cinquenta Tons de Cinza’: Boato diz que Jamie Dornan não volta como Christian Grey




O vencedor do Oscar de Melhor Filme, ‘Birdman‘ fez apenas US$ 76 milhões mundialmente,  enquanto o “segundo lugar” na disputa, ‘Boyhood‘, arrecadou fez cerca de US$ 44 milhões no mundo todo.

Em apenas 10 dias (de 12 a 22 de Fevereiro), o longa ultrapassou a marca de 4 milhões de espectadores no Brasil, faturando incríveis R$ 55 milhões e se tornando a maior bilheteria de 2015 no país.

Crítica | Cinquenta Tons de Cinza

Com direção de Sam Taylor-Johnson, a produção era um dos mais esperados lançamentos do ano e é baseado no best-seller de EL James, que vendeu mais de 100 milhões de cópias em todo o mundo. A produção retrata o relacionamento entre o bilionário de 27 anos Christian Grey, interpretando por Jamie Dornan, e a estudante Anastasia Steele, papel de Dakota Johnson. Com estreia mundial na data que corresponde ao dia dos namorados nos Estados Unidos (Valentine’s Day), o filme traz à tona a relação íntima e intensa do casal e mescla os sentimentos da jovem inexperiente Anastasia com os do poderoso e sedutor Grey, um homem de interesses extremamente peculiares.

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «