Review | The Walking Dead – 7×04: Service

Review | The Walking Dead – 7×04: Service

COMPARTILHE!

[SPOILERS]

Negan x Rick – 2º Round

Se já não bastasse o terror que Negan provocou no primeiro episódio dessa temporada, chegou o momento do ultra-mega-blaster vilão invadir Alexandria… pela porta da frente e com um sorriso no rosto.




Rick e seus amigos, mais uma vez, se deparam com o vilão e sua trupe agora querendo tomar todo o armamento do grupo. A ameaça é clara e fatal: “Na próxima, ou vocês me entregam algo interessante… ou mataremos um!”. Com o diabo, quero dizer, com Negan não há conversa e nenhum outro tipo de trato. Ou você obedece, ou você morrerá. E da pior forma, já que Lucille está ficando com “sede”.

Precisamos falar sobre a polêmica da VIOLÊNCIA em ‘The Walking Dead’ 

Por falar em Lucille (o tão temido e assustador bastão de Negan), o vilão testou mais uma vez Rick, deixando com ele, sua arma característica, e sua peça fundamental de poder. O que queria Negan com isso? Qual o propósito de entregar Lucille para seu maior inimigo? Negan, supostamente, está testando mais uma vez a LEALDADE de Rick, que mesmo nutrindo um ódio mortal pelo vilão, precisa conter toda a sua ira para não ver mais pessoas inocentes morrendo em sua frente.

Olívia, a “guardiã” do arsenal de Alexandria, foi a mais próxima de levar a paulada de Negan nesse episódio. Ao perceber que faltavam duas armas, Negan a ameaçou de morte… e é claro que Rick não quer mais ver sangue. Não dos seus! E mais uma vez, o round Negan vs Rick se inicia, com o vilão dando um prazo para que Rick encontre as armas e o entregue. Com isso, Rick deixa claro à todos em Alexandria de que ele não está mais no comando… e quem dá as ordens agora, é o vilão-mor. Obviamente, Carl reluta a essa declaração, e Spencer desafia Rick ao mencionar as mortes de Glenn e Abraham.




Audiência de ‘The Walking Dead’ despenca no 4º episódio e preocupa a AMC 

Contudo, as armas foram encontradas, e Michonne também acaba entregando seu rifle… mas não antes de ter uma “DR” com seu namorado. O que foi dito é que Rick ainda se sente culpado por todos que estão indo embora, relembra Shane e diz que desde então, ele precisou se manter como líder, só que vem falhando ao perder cada um de seus membros, já que ele considera o grupo não como um “clube”, mas como uma FAMÍLIA. A dor dessa responsabilidade de Rick é tamanha, que o espectador percebe em cada olhar de Andrew Lincoln essa angústia e impotência; que só se destaca ainda mais ao vermos o quanto ele e Daryl se entreolham silenciosamente, com aquela vontade de unir forças, mas sem poder mover uma palha.

E sabendo disso, Negan (Jeffrrey Dean Morgan bailando na malvadeza!) espezinha ainda mais Rick, ameaça Carl, tortura Olívia, humilha Daryl e massacra de todas as formas morais o grupo de Alexandria, finalizando com uma frase que dificilmente Rick esquecerá.

Review | The Walking Dead – 7×03: The Cell 

Enquanto isso, Rosita ficou com uma pistola… e Eugene pode fazer as balas! Será que teremos uma vingança a curto prazo??? Todos nós, desejamos muito isso, depois de mais um round vencido por Negan e seus escroques.

PS: O show de atuações de Andrew Lincoln e Jeffrey Dean Morgan elevam cada cena em que os atores se confrontam… e isso, enriquece ainda mais, a guerra que ambos estão contendo. Os olhares entre eles chega a pegar fogo!

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «