12 Filmes para Conhecer o Brat Pack: Os Astros Mais Quentes dos anos 80

12 Filmes para Conhecer o Brat Pack: Os Astros Mais Quentes dos anos 80



Nós amamos os anos 1980! A década marcou por inúmeras razões, a principal sendo o estabelecimento do cinema pipoca (os chamados blockbusters). Foi uma época de muita criatividade para o entretenimento, filmes de ação, aventura, comédia e terror ganharam obras verdadeiramente inesquecíveis, com um potencial enorme para adentrar a cultura pop sem nunca mais deixá-la.

Foi também uma era muito promissora para os filmes adolescentes, onde jovens estrelas brilharam e muitas se estabeleceram na indústria na fase adulta. No quesito, um grupo em particular de atores marcava a cena: o chamado Brat Pack.

O apelido, que significa “a turma dos pirralhos”, é uma referência a outro grupo, este da década de 1950 e 1960, que marcava aqueles tempos: o Rat Pack (“a turma dos ratos”), composto pelos “ratões” Frank Sinatra, Dean Martin, Sammy Davis Jr., Peter Lawford e Joey Bishop, entre outros.

Assim como seus “padrinhos”, o Brat Pack constantemente trabalhava junto, nos mais variados tipos de projetos – sendo o mais usual as comédias adolescentes e os romances (só faltou mesmo um baita terror protagonizado pelo grupo). Ao total são oito os membros mais ilustres deste clã: Molly Ringwald, Emilio Estevez, Anthony Michael Hall, Ally Sheedy, Judd Nelson, Rob Lowe, Demi Moore e Andrew McCarthy – com certeza você conhece todos, mesmo que não esteja ligando o nome à pessoa. Existem também alguns agregados como Charlie Sheen, John Cusack e Mare Winningham, por exemplo, que figuraram em outras produções consideradas “parte do movimento”.

Para melhor objetivar, o CinePOP separou os 12 filmes considerados produções essenciais para conhecer o Brat Pack. Vem com a gente.

Clube dos Cinco (1985)

Ah sim, vale lembrar que havia um nome oculto por trás de tudo, e que ajudou a cimentar o status do grupo: John Hughes. Suas obras adolescentes marcaram época, e são muito influentes ainda hoje. Clube dos Cinco é o epicentro do Brat Pack, o melhor resumo de sua essência e que reúne de uma só vez cinco dos oito componentes principais. Na trama, Hall, Sheedy, Nelson, Estevez e Ringwald são alunos muito diferentes que tem uma coisa em comum: todos irão passar o sábado na detenção, onde serão obrigados a se conhecer melhor e a interagir, criando laços inquebráveis. Aqui o cineasta Hughes brinca bem com os estereótipos do nerd, da antissocial, do rebelde, do esportista e da popular, respectivamente.

Aproveite para assistir:


Gatinhas e Gatões (1984)

No ano anterior de Clube dos Cinco, John Hughes já havia chamado atenção com este filme, que marcava sua estreia na direção. Novamente protagonizado pela musa dos filmes adolescentes da época, a ruivinha Molly Ringwald vive uma adolescente às voltas com sua família problemática, que só quer saber do casamento da irmã mais velha e termina por esquecer um dos dias mais importantes de sua vida, seu aniversário de dezesseis anos (nos EUA é o equivalente dos quinze anos no Brasil). No meio do tumulto, ela precisa lidar com a paixão de um nerd (Hall, outro membro do Pack, eternizado por este tipo de personagem) e sonhar com o amor do rapaz popular do colégio (Michael Schoeffling).

O Primeiro Ano do Resto de Nossas Vidas (1985)

Este é o filme mais importante do Brat Pack. E se Clube dos Cinco é sua essência, este é sua concretização. Clube dos Cinco juntou, bem, cinco dos Brat, este juntou seis. Ah, a magia do cinema. No mesmo ano estes atores viveram adolescentes colegiais embora a maioria já estivesse na faixa dos vinte e poucos, e vinte e muitos anos. Não deixa de ser curioso vê-los como estudantes ginasiais em um filme e no mesmo ano, em suas idades verdadeiras, como um grupo de jovens recém-formados na faculdade, precisando lidar com a vida adulta. Esta obra escrita e dirigida por Joel Schumacher é quase uma continuação em espírito de Clube dos Cinco, e traz os membros do Pack Emilio Estevez, Judd Nelson, Ally Sheedy, Demi Moore, Rob Lowe e Andrew McCarthy, além dos agregados Mare Winninghan e Andie MacDowell.

Vidas Sem Rumo (1983)

Cineastas renomadíssimos e donos de uma filmografia para maiores de idade também foram responsáveis pela concretização do Brat Pack. Na década de 1980, o icônico Francis Ford Coppola resolveu dar uma olhada no universo de jovens membros de gangues (uma temática que era tendência na época), adaptação do livro de S.E. Hinton, e para isso escalava um grupo de nomes pra lá de promissores – provavelmente um dos maiores já reunidos. Tipicamente Coppola, o longa é dono de uma forte carga dramática, longe de qualquer teor cômico ou romântico. Oficialmente do Brat Pack temos Emilio Estevez e Rob Lowe, mas o filme conta ainda com os agregados: Patrick Swayze, C. Thomas Howell, Ralph Macchio, Matt Dillon, Tom Cruise e Diane Lane.

Uma Questão de Classe (1983)

Produzida pela icônica Orion Pictures, que ensaia um retorno com o lançamento de filmes de terror como Maligno e o recente Brinquedo Assassino (ambos de 2019), esta é uma comédia dona de uma premissa tipicamente dos anos 1980. Uma comédia de erros e farsa, o longa traz a presença de dois membros do Brat Pack: Andrew McCarthy e Rob Lowe. Na trama, os dois são melhores amigos, companheiros de quarto da universidade. McCarthy está feliz da vida, apaixonado e de caso com uma mulher mais velha – papel da estonteante Jacqueline Bisset. Quando Lowe o apresenta à sua mãe, obviamente elas são a mesma pessoa.

Uma Aventura em Oxford (1984)

Novamente Rob Lowe protagoniza um filme do Brat Pack, igualmente passado no cenário de uma universidade, esta a muito famosa britânica Oxford. Na trama, Lowe vive um jovem que decide estudar em Oxford somente para perseguir uma bela e rica estudante (papel de Amanda Pays), a quem ele nunca conheceu e somente leu sobre. As definições de stalker foram atualizadas – mas para os anos 1980, isso era encantador. No local, ele tem a chance de deixar a futilidade de lado e crescer como pessoa, ao fazer parte da equipe de remo da escola e ter o apoio de uma colega (Ally Sheedy, outro membro do Pack).

Heróis ou Vilões (1986)

É impossível reunir um grupo grande de jovens atores, homens e mulheres, sem que alguns acabem se apaixonando. E os pombinhos da vez do Brat Pack foram Emilio Estevez e Demi Moore. Quando se conheceram no set de O Primeiro Ano do Resto de Nossas Vidas (1985), ambos tinham vinte e três anos, se apaixonaram e inclusive ficaram noivos. Mas o relacionamento durou apenas dois anos, e eles não chegaram a se casar. Antes do término, conseguiram protagonizar este drama criminal, uma espécie de Bonnie e Clyde moderno, que trazia a dupla como um casal apaixonado e sem dinheiro, realizando diversos roubos a bancos. O filme marcou também pela estreia precoce de Estevez como roteirista e diretor.

A Garota de Rosa-Shocking (1986)

Com produção e roteiro de John Hughes, este filme é estrelado novamente pela ruivinha Molly Ringwald. Se O Primeiro Ano do Resto de Nossas Vidas pode ser considerado uma continuação em espírito de Clube dos Cinco, o mesmo pode ser dito deste filme em relação a Gatinhas e Gatões. Aqui também temos Ringwald dividida entre um nerd que a persegue (papel de Jon Cryer) e um rico galã (papel de Andrew McCarthy). A diferença é que aqui, Ringwald vive uma garota pobre que precisa cuidar do pai (papel de Harry Dean Stanton), e o filme tem como foco o relacionamento entre pessoas de classes sociais diferentes.

Cidade Corrompida (1986)

Aqui temos o retorno de dois veteranos do Clube dos Cinco, Judd Nelson e Ally Sheedy, protagonizando num filme de teor bem diferente. Este é um thriller criminal dramático, no qual Nelson interpreta um jovem retornando para sua cidadezinha. Ao chegar no local, descobre que seu pai foi assassinado e, sem ajuda da polícia, parte para se vingar por conta própria, desafiando a máfia local.  Sheedy vive seu interesse amoroso no filme.

Sobre Ontem à Noite (1986)

Aqui o show é com Rob Lowe e Demi Moore, que vivem um casal que se conhece, se apaixona e enfrenta altos e baixos em sua relação, contando com a torcida contra de seus melhores amigos (James Belushi e Elizabeth Perkins). O filme é baseado na peça de David Mamet, e dirigido por Edward Zwick em início de carreira. Sobre Ontem à Noite ganhou uma refilmagem em 2014, protagonizada por um elenco de atores negros, encabeçados por Kevin Hart e Regina Hall.

Sem Amanhã (1988)

Molly Ringwald retorna para mais um filme da fase áurea de sua carreira. Ao lado de Andrew McCarthy, vive um romance dramático. Na trama, McCarthy interpreta um estudante colegial que termina o noivado com uma rica herdeira, por causa da paixão por uma jovem interiorana que conhece numa festa (Ringwald). Ele logo após descobre que ela tem 16 anos (e não 20 como afirma) e já é casada. Ringwald na vida real já tinha 20 anos mesmo. O filme conta ainda com participações de Ben Stiller e Viggo Mortensen.

O Casamento de Betsy (1990)

Este longa chegou de forma tardia, já no início da década seguinte ao reinado dos Brat. E pode ser considerado o último filme deste “pacote”.  Molly Ringwald foi a participante que fez mais filmes com os integrantes do grupo. Aqui ela volta a se encontrar com sua colega de Clube dos Cinco, Ally Sheedy. A ruivinha é a protagonista Betsy, que está de casamento marcado com o personagem de Dylan Walsh, vindo de uma família rica – o que cria conflito sobre como deve ser a cerimônia com sua própria família de classe média. Sheedy interpreta sua irmã, e o filme conta ainda com nomes como Burt Young, Catherine O’Hara, Joe Pesci e Alan Alda – que além de viver o pai de Ringwald, escreve e dirige o longa.

Outros Filmes do Brat Pack:

Tex: Um Retrato da Juventude (1982) – Com Emilio Estevez e Matt Dillon.
Jogos de Guerra (1983) – Com Ally Sheedy e Matthew Broderick.
Juventude em Fúrias (1983) – Com Ally Sheedy e Sean Penn.
Repo Man: A Onda Punk (1984) – Com Emilio Estevez e Olivia Barash.
Um Caso Muito Sério (1984) – Com Demi Moore e Jon Cryer.
Heaven Help Us (1985) – Com Andrew McCarthy e Mary Stuart Masterson.
Mulher Nota Mil (1985) – Com Anthony Michael Hall e Robert Downey Jr.
Um Verão Muito Louco (1986) – Com Demi Moore e John Cusack.
Veia de Campeão (1986) – Com Rob Lowe e Patrick Swayze.
O Rei da Paquera (1987) – Com Molly Ringwald e Robert Downey Jr.
Abaixo de Zero (1987) – Com Andrew McCarthy, Jami Gertz, Robert Downey Jr.
Manequim (1987) – Com Andrew McCarthy, Kim Cattrall, James Spader.
Johnny Bom de Transa (1988) – Com Anthony Michael Hall, Robert Downey Jr, Uma Thurman.
Os Jovens Pistoleiros (1988) – Com Emilio Estevez, Kieffer Sutherland, Charlie Sheen.
Uma Dupla Acima da Lei (1988) – Com Andrew McCarthy, Matt Dillon.
Sexo, Mentiras e Videotape (1989) – Com James Spader e Andie MacDowell.}
Não Somos Anjos (1989) – Com Demi Moore, Sean Penn.



COMENTÁRIOS