Depois de três anos esperando ansiosamente, os fãs foram agraciados hoje (27) com a estreia dos novos episódios da adorada e elogiada série sci-fi Stranger Things.

A produção se tornou um dos títulos mais populares e aclamados da Netflix, elogiada por seus aspectos técnicos e criativos e, como se não bastasse, para as constantes homenagens aos clássicos dos anos 1980 que presta em seus capítulos. A trama nos leva para a fictícia Hawkins, Indiana, que se torna palco de eventos inexplicáveis que estão associados a um grupo de cientistas escondido nos subterrâneos da pequena cidade e a uma garota muito poderosa chamada Eleven (Millie Bobby Brown). Mas isso não é tudo: os nossos heróis também enfrenta criaturas perigosíssimas que habitam o Mundo Invertido, lutando contra o tempo para impedir que esses monstros destruam tudo o que conhecem.

Além de Brown, a produção trouxe um elenco de peso às telinhas, incluindo David HarbourWinona RyderFinn WolfhardGaten MatarazzoCaleb McLaughlinNatalia DyerMaya HawkeCharlie HeatonNoah SchnappSadie SinkJoe Keery e outros. A sólida recepção da série também garantiu a ela inúmeros prêmios, incluindo 39 indicações ao Emmy Awards (das quais conquistou seis).

Para celebrar o retorno de Stranger Things, montamos uma breve lista com algumas curiosidades de bastidores do show em si.


Confira:

Aproveite para assistir:




  • A vestimenta utilizada por Eleven na primeira temporada (o vestido rosa e a peruca loira) é bastante similar e uma possível homenagem ao disfarce do protagonista titular em ‘E.T.: O Extraterrestre’, de 1982.
  • Até julho de 2019, Dyer e Heaton estavam namorando na vida real. Na série, seus personagens (Nancy e Jonathan) também começam a desenvolver um relacionamento.
  • Em uma entrevista, Sink e Dacre Montgomery (Max Mayfield e Billy Hargrove, respectivamente) admitiram que se davam muito bem na vida real. Eles trabalharam juntos para aumentar a tensão de que desfrutavam na série.

  • A voz de Matarazzo mudou tanto depois que a produção da 1ª temporada terminou, que o time de som não pôde usá-lo para gravações adicionais.
  • Antes de trabalharem juntos no show, Matarazzo (Dustin), Sink (Max) e McLaughlin (Lucas) já se conheciam, visto que se encontraram em diferentes produções da Broadway, mas na mesma época: Gaten estava em ‘Os Miseráveis’; Sadie participava de ‘Annie’; e Caleb estava em ‘O Rei Leão’.


  • Para interpretar Eleven, Brown de fato raspou sua cabeça inteira, enquanto a mãe filmava a sessão com uma câmera. O pai de Brown ficou tão traumatizado pelo evento, que soluçava de tanto chorar e não conseguia assistir. A gravação foi disponibilizada no YouTube.
  • A 3ª temporada foi celebrada pelo chef de cozinha Jordi Roca, homenageado com uma estrela Michelin, com o lançamento de 2600 unidades de sorvete de Stranger Things, intituladas Dustin, Eleven’s Power, Grofession, Iceside down, Mini Gorgon e Wakikola.
  • A clássica canção “Should I Star or Should I Go”, da banda Clash, foi especificamente escolhida para ser tocada em momentos-chave da trama, como quando Will (Schnapp) tenta se comunicar com Joyce (Ryder) do Mundo Invertido.

  • Na 2ª temporada, há um momento em que Joyce e Bob (Sean Astin) resgatam Hopper (Harbour) dos túneis e, à medida que estão saindo, Hopper se lembra do chapéu e o pega antes de fugirem. Essa sequência é referências direta à franquia ‘Indiana Jones’, em que o personagem titular (vivido por Harrison Ford) nunca deixa seu chapéu para trás.
  • Na trama, Ryder interpreta uma mãe cujo filho sumiu. Na vida real, Ryder dedicou o filme ‘Adoráveis Mulheres’, de 1994 (em que interpretou Jo March) a Polly Hannah Klaas, uma jovem garota de sua própria cidade natal, Petaluma, na Califórnia, que sumiu e foi encontrada brutalmente assassinada. Na época, ela havia oferecido uma recompensa de US$200 mil para qualquer um com informações sobre o ocorrido e, até hoje, ela permanece como uma grande ativista na Fundação Polly Klaas para Prevenção de Sequestro de Crianças, auxiliando na pesquisa.
Não deixe de assistir: